Terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

                          

Os GNR entraram ontem em estúdio para a gravação do décimo primeiro álbum de originais a sair durante o decorrer deste ano, um disco que, para o vocalista Rui Reininho, vai contar com a essência da sonoridade "assumidamente GNR".

 

Daniel Pinto Lopes

 

A banda nortenha entra em estúdio após ter estado presente no concerto de Ano Novo nos Jardins da Torre de Belém, em Lisboa, que marcou a viragem do ano e da década. Recorde-se que os GNR foram os substitutos dos Xutos & Pontapés, após o internamento do guitarrista Zé Pedro, que, entretanto, já teve alta hospitalar.

 

Em comunicado, a produtora "Oficina da Ilusão" adianta que o décimo primeiro álbum de originais dos GNR encontra-se em fase adiantada.

 

"As bases das músicas estão prontas e temos 15/16 canções", afirma o responsável pela composição das músicas dos GNR, Tóli Machado.

 

Com as letras a cargo de Rui Reininho, o vocalista dos GNR refere que este "vai ser um disco muito pop, um disco de encontro com a essência da sonoridade dos GNR, assumidamente GNR".

 

O sucessor de "Do Lado dos Cisnes" (2002) vai ser também o primeiro álbum da banda a ser gravado em estúdio próprio.

 

"Já ensaiámos [neste novo espaço] há algum tempo, mas agora investimos em equipamento e passámos de uma sala de ensaios para um estúdio com todas as condições", sublinha ainda Tóli Machado.

 

O novo "quartel-general" do grupo encontra-se situado no Porto e ainda não tem um nome atribuído, pelo que a banda está a "acolher e a aceitar sugestões".

 



publicado por Expressões Lusitanas às 14:30 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.