Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2010

 

O secretário de estado do Turismo Bernardo Trindade afirma que os principais objectivos para 2010 no sector do turismo consistem "em comunicar melhor a nossa realidade", salientando a "qualidade" dos projectos turísticos e o "espírito de iniciativa" dos empresários.

 

Daniel Pinto Lopes (enviado especial à BTL)

 

À margem da apresentação dos prémios Turismo de Portugal no âmbito da BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa) na FIL, em Lisboa, o secretário de estado do Turismo diz que temos um país "de que toda a gente se orgulha" e que os projectos no sector "vão surgindo com grande qualidade e espírito de iniciativa" e que, por isso, " é tempo de comunicá-los melhor".

 

"Entendemos que hoje ainda há um défice de comunicação que é preciso suprir com responsabilidade e é isso que vamos fazer", refere Bernardo Trindade ao Expressões Lusitanas.

 

Em relação à BTL, e tendo em conta os tempos de crise vividos, o secretário de estado tem "perspectivas animadoras", assumindo, contudo, que o ano de 2009 foi "difícil", mas "não tanto quanto esperávamos".

 

"Prevíamos quebras iniciais de 30 por cento e, apesar de tudo, conseguimos ficar num dígito de quebra", destaca.

 

Bernardo Trindade refere que agora o "importante" é "perspectivar 2010", algo que diz já estar a ser feito, destacando o próprio contexto da BTL, que reflecte a "vitalidade" do sector, sublinhando a necessidade de articulação com o sector privado.

 

Neste sentido, o secretário de estado do Turismo adianta que na sexta-feira as agências regionais e os empresários vão discutir as "iniciativas de comunicação do país, quer interna quer externamente, em função dos resultados alcançados em 2009".

 

Bernardo Trindade garante aos empresários que, no decorrer da legislatura, tudo será feito para "facilitar a vida às empresas", referindo que "o Estado não perde poder se tiver uma atitude excessivamente regulamentadora".

 

"Vamos intervir e ajudar e queremos, sobretudo, que do resultado possa surgir projectos de norte a sul do país, passando pelas regiões autónomas, que se tornem em algo de que verdadeiramente nos orgulha", considera.

 

Para que tal aconteça, o responsável garante que é "preciso comunicar", esperando que os empresários "continuem com este espírito de iniciativa".

 

ÁUDIO:

 

Bernardo Trindade - Obectivos para o sector do turismo em 2010

Bernardo Trindade - "Boas perspectivas para 2010"

 

 



publicado por Expressões Lusitanas às 14:54 | link do post | comentar