Quarta-feira, 5 de Maio de 2010

 

Os GNR subiram ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval na passada sexta-feira para apresentarem alguns temas de “Retropolitana”, o novo disco do grupo, que, porém, ainda não tem data de lançamento oficial.

 

Daniel Pinto Lopes

 

O Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, esteve longe de estar cheio. Havia bastantes cadeiras por ocupar.

 

Contudo, o público presente demonstrou-se bastante entusiasta e animado com o concerto dos GNR, sobretudo quando o colectivo interpretava temas intemporais, como “Popless”, “Tirana”, “Dunas”, “Asas (Eléctricas) ” ou “Pronúncia do Norte”.

 

Os novos temas do futuro álbum dos GNR, de seu nome “Retropolitana”, passaram despercebidos ao público presente, à excepção de “Rei do Roque”, que tem tido uma boa aceitação nas ‘playlists” das rádios.

 

O vocalista dos GNR, Rui Reinhino, assumiu o controlo do palco e não perdeu a forma na interpretação dos temas mais recentes e dos clássicos do Grupo Novo Rock, mesmo após o colectivo ter estado oito anos sem apresentar um álbum de originais.

 

Ao que o Expressões Lusitanas tentou saber, “Retropolitana” pode ser lançado para o mercado entre este mês de Maio e Junho. Decorre a fase de negociações com as editoras discográficas.

 

Uma referência para a parca comunicação entre Rui Reininho e o público presente. A música seguia-se quase de forma ininterrupta, faltando um elo de ligação entre os músicos em palco e os fãs e admiradores da banda ali presentes.

 

Não obstante, o público fez chamar duas vezes os GNR a palco após o concerto ter sido dado como terminado. Foram interpretadas, ao todo, mais quatro músicas, a pedido do público, que exclamava “só mais uma”.

 

No final, Rui Reininho afirmou que “valeu” estar no Centro Cultural Olga Cadaval e agradeceu a “noite maravilhosa”.



publicado por Expressões Lusitanas às 06:21 | link do post | comentar