Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

 

A cidade de Lisboa entra em festa a partir do dia 14 deste mês de Maio. As festas da capital vão ter actividades culturais de todos os géneros, com o objectivo de, diz a organização, “captar os mais diversos públicos”. O investimento ronda 1,5 milhões de euros.

 

Daniel Pinto Lopes

 

São dois meses de “Festas de Lisboa 2010”, que promete animação e várias actividades para os lisboetas e visitantes da capital.

 

Em ano de celebração do centenário da República, as Festas de Lisboa associam-se a este acontecimento em tom de manifesto.

 

O “Viva a República” é, neste contexto, substituído pelo “Viva a Sardinha”, uma forma de “chamar a atenção dos lisboetas para o início das festas”, detalha ao Expressões Lusitanas o presidente da EGEAC (Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural), Miguel Honrado.

 

As tradicionais Marchas Populares na Avenida da Liberdade e os Casamentos de Santo António regressam este ano nos dias 12 e 13 de Junho, como habitualmente.

 

As Festas de Lisboa têm início no dia 14 de Maio e terminam a 15 de Julho. Durante este tempo vão estar espalhadas pela cidade várias sardinhas em papel desenhadas por sete ilustradores portugueses.

 

São apelidadas “Sardinhas de Guerrilha” e foram feitas para “serem retiradas dos sítios onde estão”, numa espécie de “apelo ao furto”, explica Miguel Honrado.

 

“Quantas mais sardinhas forem furtadas, melhor a nossa mensagem passará”, elucida ao Expressões Lusitanas.

 

O investimento realizado pela câmara municipal de Lisboa nas festas da cidade é de cerca de 1,5 milhões de euros.

 

A vereadora da cultura da autarquia, Catarina Vaz Pinto, afirma ao Expressões Lusitanas que no decorrer das festas se pode assistir a “uma grande diversidade de arraiais, espectáculos e de apontamentos artísticos e culturais em lugares inesperados”.

 

Na conferência de imprensa de apresentação do cartaz deste ano estiveram alguns artistas portugueses que vão fazer parte do programa das festas, tais como Paulo de Carvalho e o fadista Pedro Moutinho [ver vídeo].



publicado por Expressões Lusitanas às 23:22 | link do post | comentar