Quarta-feira, 12 de Maio de 2010

 

O Parque da Bela Vista, em Lisboa, está quase pronto para acolher mais uma edição do Rock in Rio Lisboa. A edição deste ano conta com algumas novidades.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A cerca de 10 dias do início do Rock in Rio, o Palco Mundo, por onde vão passar os artistas de destaque, está quase pronto. Nos restantes palcos – Sunset e Tenda Electrónica – falta instalar a cobertura e ultimar os restantes preparativos.

 

A edição de este ano conta com algumas novidades, como uma roda gigante, uma montanha russa, um elevador sensorial e um hotel, no qual os visitantes podem dormir no recinto.

 

As crianças vão ter um espaço onde podem ficar entretidas durante duas horas, enquanto os pais vão ver os concertos de que gostam.

 

Os cidadãos de mobilidade reduzida não foram esquecidos pela organização do evento. Vão ter espaços com vista “privilegiada” para o Palco Mundo e para o Palco Sunset, explica ao Expressões Lusitanas a vice-presidente executiva do Rock in Rio, Roberta Medina.

 

O investimento realizado no Rock in Rio 2010 é de 25 milhões de euros, o mesmo valor que nas três anteriores edições do festival.

 

Durante os dias do evento, 8 mil pessoas trabalham para garantir todo o funcionamento da Cidade do Rock nas várias áreas de actuação. Contudo, o número de empregos directos é de 3 mil pessoas, informa a organização em comunicado.

 

No que diz respeito à segurança, o comandante Jorge Barreira adianta ao Expressões Lusitanas que a PSP “vai estar atenta” aos transportes públicos e à circulação automóvel nas imediações do Parque da Bela Vista.

 

Cerca de 700 elementos desta força policial vão estar destacados para garantir a segurança do Rock in Rio e vai haver policiamento à civil.

 

A vigilância na entrada no Parque da Bela Vista vai ser “apertada”, com revista de todos os que vão ao evento, a fim de evitar a entrada de objectos potencialmente perigosos.

 

Porém, o comandante Jorge Barreira sublinha que se “pode levar garrafas de água e peças de fruta”.

 

A organização apela aos visitantes da Cidade do Rock para utilizarem os transportes públicos. O Metro de Lisboa, a Carris, a Transtejo, a Fertagus e a CP vão realizar serviços especiais até à hora de fecho da Cidade do Rock – 04:00.

 

O Parque da Bela Vista vai ainda ter, durante os dias do evento, um “sistema integrado de emergência médica”, que conta com um centro médico e ambulâncias, detalha a organização em comunicado.

 

Cerca de 50 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de emergência e psicólogos, fazem parte dos recursos humanos contratados para a área da saúde.

 

O Rock in Rio realiza-se no Parque da Bela Vista, em Lisboa, nos dias 21, 22, 27, 29 e 30 de Maio.



publicado por Expressões Lusitanas às 17:27 | link do post | comentar