Segunda-feira, 7 de Junho de 2010

 

Milhares de pessoas acorreram ao Parque Eduardo VII, em Lisboa, no passado sábado, para uma tarde de confraternização em família, tendo como banda sonora os temas musicais do cantor Tony Carreira. A ida à praia, aproveitando o calor sentido neste dia, ficou posta de parte.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Vários eram os autocarros estacionados nas imediações do Parque Eduardo VII, em Lisboa, que transportaram as diversas famílias oriundas de diferentes pontos do país.

 

Milhares de pessoas optaram por ter uma tarde diferente no centro de Lisboa, ao aderirem a um pic-nic promovido por uma cadeia de supermercados nacional.

 

A partir das 19:00, Tony Carreira subiu ao palco improvisado junto ao Marquês de Pombal para interpretar os temas que quase todo os presentes trauteavam.

 

O espectáculo durou mais de uma hora e animou o público presente, que, por entre chapéus-de-sol, cestos, geleiras, toalhas, vuvuzelas e bolas de plástico, batiam o pé ou dançavam ao som das músicas do artista português.

 

O autor da maioria das letras do cantor, Ricardo Landum, diagnosticado recentemente com esclerose múltipla, subiu ao palco a pedido de Tony Carreira.

 

“Obrigado a todos pelo apoio. Amo este homem [Tony Carreira]”, disse Ricardo Landum, aproveitando para anunciar que o novo disco do músico vai ser lançado em breve.

A festa prosseguiu até à chegada dos jogadores da Selecção Nacional, momentos antes de partirem rumo à África do Sul.

 

Ouviam-se palmas e desejos de “boa sorte” aos “navegadores”, o nome que o seleccionador Carlos Queirós apelidou aos jogadores da Selecção.

 

Dezenas de bolas de plásticas patrocinadas pela cadeia de supermercados do grupo Sonae desciam parque abaixo, batendo nas cabeças dos mais desprevenidos. Por momentos, o Parque Eduardo VII tornou-se num autêntico local de diversões.



publicado por Expressões Lusitanas às 18:02 | link do post | comentar