Sexta-feira, 9 de Julho de 2010

 

O Rádio Clube Português (RCP) termina no domingo a sua programação actual generalista para passar a transmitir música dos anos 60 e 70 e três noticiários por dia. Ao jornal ‘Público’, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) diz não ter sido informada da mudança.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A Lei da Rádio estipula que a alteração de rádio generalista para temática deve ser aprovada pela ERC. Em declarações ao ‘Público’, um dos membros do regulador, Estrela Serrano, referiu que “qualquer alteração ao projecto inicial teria de ser comunicada e autorizada”.

 

Ao mesmo jornal, Estrela Serrano recordou que a ERC emitiu, em Dezembro de 2009, uma deliberação que, em termos práticos, autorizava a transferência das então frequências do Rádio Clube Português para a rádio musical M80. O processo inverso foi igualmente autorizado.

 

Em comunicado, a administração da Media Capital Rádios (MCR) informava ontem que o modelo actual do Rádio Clube iria terminar e que, a partir de segunda-feira, a emissão será preenchida com música dos anos 60 e 70 e por três noticiários por dia. Neste sentido, o modelo actual de rádio generalista deixa de existir.

 

Se este cenário acontecer, Estrela Serrano adianta ao ‘Público’ que tal facto “pode levar a contra-ordenações, após uma acção de fiscalização, feita por iniciativa da ERC ou a pedido, e até à suspensão de emissão.”

 

A decisão de encerrar o RCP “tem por base a inviabilidade económica de um projecto tecnicamente complexo e dispendioso que, na actual conjuntura, se tornou inviável", é referido no comunicado enviado ontem, quinta-feira, pela administração da MCR.

 

O Expressões Lusitanas tentou contactar o director do Rádio Clube Português Vítor Moura, mas tal revelou-se impossível.



publicado por Expressões Lusitanas às 20:04 | link do post | comentar