Segunda-feira, 19 de Julho de 2010

 

Orquestra Geração é um projecto de ensino de música de origem venezuelana presente em dez escolas portuguesas. Desde o dia 5 de Junho, a longa-metragem realizada por Filipa Reis e João Miller Guerra acompanha de perto a vida dos jovens que participam nesta experiência.


Expressões Lusitanas


O projecto Orquestra Geração inspira-se no ‘El Sistema Nacional de las Orquestras Juveniles e Infantiles de Venezuela’, hoje conhecido como Orquestra Simon Bolivar, fundado em 1975, na América Latina.

 

Ao levar o ensino de música clássica a dez escolas da área da Grande Lisboa e a mais de 400 jovens, o projecto tem como objectivo “contribuir para o desenvolvimento social e humano dos jovens, transformando o seu dia-a-dia e tornando-os em verdadeiros agentes de mudança individual e social dos bairros onde vivem”, explica a produtora da longa-metragem em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

Presente em Portugal desde Novembro de 2007, o projecto Orquestra Geração começou a sua actividade no agrupamento de escolas Miguel Torga, no Casal da Boba, na Amadora. Hoje está presente em escolas de Loures, Oeiras, Sesimbra, Sintra e Vila Franca de Xira, estimando envolver 500 jovens do primeiro, segundo e terceiro ciclos no final de 2010.

 

A actriz Rita Loureiro interpreta a única personagem ficcional de Orquestra Geração nesta longa-metragem, uma professora de expressão dramática destacada para coordenar a Orquestra do agrupamento de escolas da Boavista, em Lisboa, no próximo ano lectivo.

 

“Exposta a uma realidade à qual não está habituada, Rita Loureiro é levada a lidar com as experiências de vida de três jovens do Casal da Boba [Amadora] - Daniel Tofanescu, Diogo Dias e Brenda Semedo -, uma interacção de onde surgem questões de fundo sobre as mudanças que a Orquestra Geração traz à vida do bairro”, detalha a produtora da longa-metragem sobre este projecto social.

 

Juan Majorani e Sandra Martins, um casal de professores de música que “acompanha diariamente a evolução dos jovens na orquestra e que conhece profundamente as histórias de vida escondidas por detrás dos instrumentos e da música”, integram ainda o elenco desta longa-metragem documental.



publicado por Expressões Lusitanas às 21:15 | link do post | comentar