Sexta-feira, 23 de Julho de 2010

 

A Tapada da Ajuda, em Lisboa, recebe em Setembro o festival ‘Lisbon Unplugged’, que “apela ao desligar de preconceitos” e ao “despir de rótulos”, promovendo a “diversidade” e as “diferenças sociais, artísticas e culturais”. David Fonseca e Rita Redshoes são os artistas nacionais convidados.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A apresentação do novo festival lisboeta decorreu hoje, 23 de Julho, no Chiado. Em certos momentos, a sala onde estavam os convidados e jornalistas ficou às escuras.

 

“Quando estamos no escuro, torna-se mais difícil haver preconceitos”, explica ao Expressões Lusitanas a directora do festival, Vanessa Cotrim.

 

A responsável afirma que se trata de um festival em que as pessoas “têm de ir desligadas de todos os preconceitos e rótulos”.

 

David Fonseca e Rita Redshoes são, para já, os dois artistas nacionais presentes na primeira edição do ‘Lisbon Unplugged’.

 

Vanessa Cotrim acrescenta ainda que o festival vai ter também uma tenda electrónica com “um conceito diferente” e que os concertos “não vão ser realizados ao mesmo tempo”.

 

Para além da música, que assume um carácter “complementar” no festival, o evento vai dispor de um “Pavilhão das Artes”, espaço que pretende “dar a oportunidade” a uma “série de criadores algo marginalizados no circuito dito convencional”, afirma o director artístico do festival, Luís Castro.

 

‘Lisbon Unplugged’ vai ter lugar na Tapada da Ajuda, em Lisboa, mais concretamente na zona interior do Instituto Superior de Agronomia, da Universidade Técnica de Lisboa (UTL), durante os dias 10 e 11 de Setembro.



publicado por Expressões Lusitanas às 19:40 | link do post | comentar