Quarta-feira, 11 de Agosto de 2010

Foto: Organização


O ciclista espanhol Joaquín Ortega chegou isolado à meta instalada em Castelo Branco, depois de ter percorrido os 221,1 quilómetros em 05:40:27 horas, naquela que foi a etapa mais longa da Volta de 2010. O compatriota David Blanco segura a camisola amarela.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Bem cedo, aos 18 quilómetros desta sexta etapa, Ortega encabeçou uma fuga, juntamente com sete ciclistas. Mais tarde, já nos últimos quilómetros, o ciclista espanhol conseguiu descolar do grupo e chegar isolado a Castelo Branco, apesar de ter sofrido a perseguição do também espanhol José Mendes, que cortou a meta 20 segundos depois.

 

David Blanco chegou integrado no pelotão 6:28 minutos após Ortega, conseguindo, porém, manter vestida a camisola amarela.

 

Amanhã, 12 de Agosto, as contas podem ficar decididas na chamada etapa rainha da Volta a Portugal em Bicicleta. São 168 quilómetros entre Idanha-a-Nova e o alto da Torre, na Serra da Estrela, uma subida íngreme feita pelo lado de Seia.



publicado por Expressões Lusitanas às 23:59 | link do post | comentar