Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010

 

A Festa da ‘rentrée’ política do Partido Comunista Português (PCP) começa hoje e prolonga-se até domingo. A Quinta da Atalaia vai receber espectáculos musicais de artistas nacionais e internacionais (uns mais mediáticos do que outros), palestras, artes plásticas, teatro e debates.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Os primeiros visitantes da Festa do Avante 2010 devem começam a chegar ao recinto por volta das 18:00. Uma hora mais tarde, o secretário-geral do PCP Jerónimo de Sousa faz o discurso inaugural.

 

O palco principal da Festa é inaugurado às 22:00 com um concerto de comemoração dos 25 anos da Carvalhesa, no qual participam os pianistas Mário Laginha e António Rosado e os maestros Vasco Azevedo e António Vitorino D’Almeida.

 

Ainda na música, mas no Auditório 1º de Maio, destaque para a actuação dos Muxima, grupo de homenagem ao Duo Ouro Negro, constituído por Janita Salomé, Filipa Pais, Ritinha Lobo e Yami.

 

No sábado, 04 de Setembro, as portas da Festa abrem às 10:00. Neste dia, a animação musical no Palco 25 de Abril e no Auditório 1º de Maio é variada, como comprovam as presenças de Diabo na Cruz, Cacique’97, Sebastião Antunes e Quadrilha, Deolinda, Baile Popular, Pedro Abrunhosa & Comité Caviar, Claud, Monte Lunai, Adriana, A Naifa ou Bernando Sassetti Trio.

 

Por seu lado, o Palco Arraial acolhe vários ranchos e grupos folclóricos e grupos corais e etnográficos de vários pontos do país, dando a conhecer aos visitantes o lado mais tradicional da nossa música.

 

No dia do desenlace da Festa, domingo, as portas abrem igualmente às 10:00. Os Dias da Raiva, Expensive Soul, Dazkarieh, Peste & Sida, Tim & Companheiros da Aventura, Brigada Victor Jara, Ana Laíns e António Chainho com Isabel de Noronha e Pedro Moutinho são os músicos e grupos convidados.

 

Seguindo a tendência de sábado, o palco Arraial continua a dar a conhecer grupos de música popular e tradicional portuguesas.

 

Contudo, não é só de música que vive o Avante. O teatro exerce um papel importante, numa edição em que será evocado e homenageado Mário Barradas, actor, encenador e grande figura do teatro português.

 

Para além do teatro, o espaço Avanteatro será palco de espectáculos de dança, ‘jazz’ e cinema, nomeadamente o documental e de animação produzidos em Portugal.

 

No Espaço Central há tempo para participar nos vários debates políticos que abordam, entre outros assuntos, o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), a NATO, o capitalismo, as privatizações, o Serviço Nacional de Saúde (SNS), a Reforma Agrária e a intervenção do PCP no momento e contexto actuais.

 

Exposições de desenho estarão patentes no Espaço das artes plásticas. Já no Espaço Internacional os visitantes poderão tomar contacto com os vários partidos comunistas estrangeiros convidados.

 

A edição de este ano do Avante propõe uma “visita guiada à biodiversidade” no Espaço Ciência, conduzida através de debates, animação teatral, poesia e jogos de computador.

 

O Palco Novos Valores, na Cidade da Juventude, dá oportunidade às jovens bandas nacionais, vencedoras dos concursos de bandas do Avante, de divulgarem o seu trabalho e repertório musical.

 

Betão Armado (Algarve), Máscara (Beja), Kartel 31 (Braga), Pyroplastos (Bragança), Thirdsphere (Castelo Branco), Líbido (Évora), Caducados (Guarda) e The Prozac (Portalegre) são as bandas vencedoras, que vão partilhar o palco com algumas bandas convidadas: C-4, Let The Jam Roll, Fábrica de Brinquedos e Happy Mothers.

 

Outros espaços que compõem a Festa do Avante são o Pavilhão dos Imigrantes e dos Emigrantes, da Mulher, da Criança e as tasquinhas das organizações representantes das várias regiões de Portugal Continental e das Ilhas.

 

O comício de encerramento, agendado para as 18:00 de domingo no palco 25 de Abril, marca o término do Avante. Para além de Jerónimo de Sousa, vão discursar o director do órgão central do PCP, José Casanova, e o membro do Secretariado e da Comissão Política da JCP, Diogo D’Ávila.



publicado por Expressões Lusitanas às 16:35 | link do post | comentar