Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

 

A SIC estreia hoje, segunda-feira, o novo programa das tardes da estação. Conceição Lino é a aposta do canal e conduz um ‘talk-show’ à base de “conversa”, “música”, “reportagens” e onde se contam “histórias de vida de anónimos”.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A escolha do nome de Conceição Lino para apresentar o novo programa do horário da tarde da SIC foi feita com “alguma naturalidade” por parte da direcção de programas da estação.

 

“A Conceição [Lino] tem o perfil e o potencial para fazer um programa de auditório, em directo e em contacto com o espectador”, explica Nuno Santos.

 

O responsável afirma ainda que o principal desafio de “Boa Tarde” consiste em estar “mais próximo do cidadão” e recorrer mais à reportagem, ideia corroborada por Conceição Lino, que assevera “não querer ter apenas pessoas sentadas numa cadeira a falar”.

 

O novo “talk-show” da estação vai focar-se ainda em assuntos de “preocupação” para o espectador, como a saúde, a nutrição, entre outros temas, e dar a conhecer “histórias de anónimos”, tendo em conta que, diz Conceição Lino, as dos conhecidos e famosos “já se sabe de alguma coisa”.

 

Diariamente vão haver convidados em estúdio e, ao contrário dos antecessores, “Boa Tarde” prescinde de uma banda ao vivo.

 

A equipa de produção vai ser constituída pelos responsáveis de “Nós Por Cá”, também apresentado por Conceição Lino, e das anteriores tardes da SIC.

 

Liderar o horário da tarde é o objectivo a longo prazo delineado por Nuno Santos, mas recusa “pressionar” Conceição Lino para tal facto.

 

“Ainda temos tempo. O balanço do programa não vai ser feito passada apenas uma semana”, revela.

 

“Boa Tarde” vai substituir “Vida Nova, programa conduzido por Fátima Lopes até à sua mudança para a rival TVI, que, juntamente com Júlia Pinheiro, vão ser os trunfos da estação de Queluz de Baixo para as tardes dos dias úteis.

 

Face a esta situação, Conceição Lino diz “não temer” as duas profissionais concorrentes. “Temo a mim própria”, afiança.

 

Para ser a cara do novo programa da SIC, a jornalista “quis” entregar a Carteira Profissional, pelo facto de estar a trabalhar sob a alçada da direcção de programas ao invés da direcção de informação da estação de Carnaxide.

 

“Confesso ter sido difícil entregá-la, mas teve de ser”, afirma.

 

A estreia de “Boa Tarde” é esta segunda-feira, às 15:30. O programa terminará por volta das 18:25.



publicado por Expressões Lusitanas às 01:18 | link do post | comentar