Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

 

O modelo de 21 anos foi acusado de alegado homicídio do colunista Carlos Castro num hotel em Nova Iorque, nos Estados Unidos. A informação é confirmada à Agência Lusa por fonte da polícia nova-iorquina, citada pelo portal SAPO. A moldura penal para este tipo de crimes prevê uma pena entre 25 anos e a perpétua.

 

Expressões Lusitanas


Os homicídios em segundo grau permitem o pedido de liberdade condicional, após terem sido cumpridos os 25 anos de prisão. Caso a solicitação seja negada, pode ser feita de dois em dois anos.

 

Por seu lado, a prisão perpétua está associada a homicídios de primeiro grau, aplicável a casos extremos, nos quais a tortura é feita antes do assassinato. Nesta situação, a lei do estado de Nova Iorque impede a possibilidade de pedido de liberdade condicional.

 

Recorde-se que o relatório do médico legista aponta agressões violentas na cabeça e estrangulamento como as causas da morte de Carlos Castro.

 

A família de Renato Seabra está desde domingo em Nova Iorque para poder acompanhar o caso.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 18:53 | link do post | comentar

1 comentário:
De eiaculazione precoce a 12 de Janeiro de 2011 às 16:15
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em seu blog que bom!


Comentar notícia