Sábado, 1 de Agosto de 2009

                                                     

 

A fadista Katia Guerreiro vai realizar um "showcase" de apresentação do disco "Fado" na Fnac do Centro Comercial Alegro, em Alfragide, amanhã (2 de Agosto) pelas 17:00.
 
A edição especial do álbum inclui uma serigrafia do pintor Manuel Carmo, em homenagem ao escritor Fernando Tavares Rodrigues.
 
"Há uns anos guardei um poema que um dia gostaria de cantar, escrito por alguém que desconhecia totalmente. Mostrando-o a várias pessoas afinal foi apenas um nome esquecido da poesia portuguesa, Fernando Tavares Rodrigues. Ao conhecer a sua história de vida, decidi homenageá-lo. Dele escolhi dois poemas no meio de tantos outros apaixonantes, ‘Mundo’ e ‘Ponham flores na mesa’, que canto sobre fados tradicionais. O seu melhor amigo, o artista plástico Manuel Carmo juntou-se a mim nesta homenagem. Esta edição especial oferece-vos uma serigrafia (de uma série de oito) da autoria de Manuel Carmo num tributo a este homem intenso que nos deixou a sentir tudo quanto escreveu sobre o amor na sua vida." Katia Guerreiro in ‘Fado’
 
Saiba agora qual é o alinhamento do disco "Fado":
 
01 Fado dos olhos - Florbela Espanca / Carlos Ramos (Fado das Horas — pop)
 
02 Pranto de amor ausente - Paulo Valentim
 
03 A voz da poesia - Katia Guerreiro / Rui Veloso
 
04 Ponham flores na mesa - Fernando Tavares Rodrigues / Joaquim Campos Silva (Fado Tango)
 
05 Estranha paixão - João Veiga / Pedro Pinhal
 
06 Casa da colina - Maria Luísa Baptista / Rodrigo Serrão
 
07 A cidade saudade - Rodrigo Serrão / Casimiro Ramos (Fado Três Bairros)
 
08 A nossa gente, o nosso fado - Rodrigo Serrão /Mário Pacheco
 
09 Renasce - João Veiga
 
10 Lírio roxo - António Gedeão / Francisco Viana (Fado Vianinha)
 
11 Poema da malta das naus - António Gedeão / Paulo Valentim
 
12 Mundo - Fernando Tavares Rodrigues / Júlio Proença (Fado Esmeraldinha)
 
13 Lisboa - Charles Aznavour
 
14 Eu queria cantar-te um fado - António de Sousa Freitas / Franklin Godinho (Fado Franklin de Sextilhas)

 



publicado por Expressões Lusitanas às 21:39 | link do post | comentar