Quinta-feira, 13.01.11

 

Os Deolinda anunciam mais uma data no Coliseu do Porto – 23 de Janeiro -, devido à elevada procura de bilhetes, informa a editora do grupo em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Em 2011, os Deolinda estreiam-se no palco dos Coliseu com quatro concertos. O Porto acolhe o grupo nos próximos dias 22 e 23 de Janeiro e, posteriormente, descem até Lisboa nos dias 28 e 29 deste mês.

 

A subida ao palco de duas das consideradas salas de espectáculo mais emblemáticas do país tem lugar quase um ano após a edição do segundo disco da banda – “Dois Selos e Um Carimbo” -, que vendeu mais de 20 mil cópias.

 

Recorde-se que no ano passado, os Deolinda viram o seu segundo disco ser considerado dos melhores do ano pelo jornal britânico ‘Sunday Times’ e foram laureados com o prémio ‘Grupo Revelação’ dos Songlines Music Award 2010, galardão que “reconhece os melhores talentos do mundo”, definição retirada da sua página oficial na Internet.



publicado por Expressões Lusitanas às 14:36 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.11.10

 

O mais recente álbum dos Deolinda – “Dois Selos e Um Carimbo” – conquista o galardão de disco de platina. A banda de Ana Bacalhau, Luís José Martins, Pedro da Silva Martins e Zé Pedro Leitão regressou da sua primeira digressão pelos Estados Unidos e de várias actuações pela Europa.

 

Expressões Lusitanas

 

Os Deolinda preparam agora os concertos nos Coliseus do Porto e de Lisboa, que vão ter lugar nos dias 22 e 29 de Janeiro, respectivamente.



publicado por Expressões Lusitanas às 20:27 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quarta-feira, 27.10.10

 

Os Deolinda vão actuar pela primeira vez nos Coliseus de Lisboa e do Porto em Janeiro. Entretanto, a 22 de Novembro, o colectivo vai editar uma edição especial limitada do mais recente álbum “Dois Selos e Um Carimbo”, que inclui um DVD com imagens sobre a preparação do novo disco.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Os dias 22 e 29 de Janeiro vão marcar a estreia dos Deolinda no Coliseu do Porto e de Lisboa, respectivamente.

 

Em 2008, o colectivo editou o seu primeiro disco “Canção Ao Lado”, celebrizado por vários temas, como “Fon Fon Fon”, “Fado Toninho”, “Movimento Perpétuo Associativo” ou “Clandestino”.

 

Dois anos mais tarde lançaram o seu segundo registo discográfico “Dois Selos e Um Carimbo”, uma espécie de “carta” ou “correspondência” ou, em alternativa, o título pode ser interpretado como o “oficializar” do projecto e da sua “maturidade”, referia em Maio a vocalista Ana Bacalhau ao Expressões Lusitanas no decorrer da entrevista de apresentação do trabalho.

 

Na sequência do anúncio dos concertos nos Coliseus, os Deolinda revelam ainda o lançamento de uma edição especial de “Dois Selos e Um Carimbo”, que inclui um DVD com imagens exclusivas sobre a preparação deste novo disco e ainda o vídeo do tema de estreia “Um Contra O Outro”.

 

De acordo com a editora dos Deolinda, em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas, a edição é limitada e está prevista para 22 de Novembro.



publicado por Expressões Lusitanas às 18:20 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.09.10

 

Os Deolinda vão actuar pela primeira vez em algumas cidades dos Estados Unidos da América (EUA) e do Canadá na última semana de Setembro e na primeira de Outubro. Prosseguindo a sua carreira internacional, o grupo lisboeta ruma depois para palcos europeus, em datas agendadas para finais do próximo mês.

 

Expressões Lusitanas

 

Após terem recebido o ‘Songlines Music Award’ para grupo Revelação, Ana Bacalhau, Luís José Martins, Zé Pedro Leitão e Pedro da Silva Martins vão ter a sua primeira ‘tournée’ no Canadá e EUA.

 

Em terras norte-americanas, o colectivo vai apresentar a sua música nas cidades de Chicago, Detroit, São Francisco, Nova Iorque, entre outras.

 

Mais tarde, na digressão pela Europa, os Deolinda levam na bagagem o novo disco ‘Dois Selos e Um Carimbo’, passaporte que os levará a pisar vários palcos europeus, como Sodra Theatern de Estocolmo, Concert House de Viena, Cultuur Centrum de Leuven, na Bélgica e Café de La Dance, em Paris.

 

Para além da aventura internacional, este Outono vai ser ainda marcado pela edição mundial do disco ‘Dois Selos e Um Carimbo’.

 

Conheça as datas da digressão internacional:

 

Estados Unidos e Canadá


24 de Setembro – Albuquerque, EUA

25 de Setembro – Livermore, EUA

26 de Setembro – Modesto/ São Francisco, EUA

28 de Setembro – Chicago, EUA

29 de Setembro – Chicago, EUA

01 de Outubro – Sherbrooke, Canada

03 de Outubro – Morgentown, EUA

04 de Outubro – Nova Iorque, EUA

08 de Outubro – Detroit, EUA

 

Europa

 

21 de Outubro – Den Haag, Holanda

22 de Outubro – Bruxelas, Bélgica

23 de Outubro – Leuven, Bélgica

26 de Outubro – Luxemburgo

27 de Outubro – Antuérpia, Bélgica

29 de Outubro – Eindhoven, Holanda

30 de Outubro – Amsterdão, Holanda

31 de Outubro – Breda, Holanda

02 de Novembro – Helsingborg, Suécia

03 de Novembro – Estocolmo, Suécia

13 de Novembro – Paris, França

24 de Novembro – Viena, Áustria



publicado por Expressões Lusitanas às 18:49 | link do post | comentar

Domingo, 05.09.10

 

Mais de 35 espectáculos musicais preencheram o segundo dia da Festa do Avante na Quinta da Atalaia. As portas abriram às 10:00 e a música começou a ecoar pelo recinto por volta das 14:00, naquele que é o “verdadeiro festival da música portuguesa”, diz Pedro Abrunhosa, o cabeça-de-cartaz do palco principal.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista/Enviado especial ao Avante

 

O segundo dia do Avante teve numerosa afluência de público, tal como no dia de abertura. Em certas alturas, nomeadamente após os concertos no palco principal, era quase impossível circular com alguma fluidez pelo recinto.

 

Extensas filas serpenteavam pelas barraquinhas das organizações regionais do PCP durante a hora de jantar. Os mais precavidos levaram uma sandes ou uma geleira recheada de comida e bebida, evitando assim aguardar bastante tempo por uma refeição.

 

Para além dos debates políticos, das exibições de documentários, da mostra de peças teatrais e espectáculos de dança ou da realização de provas desportivas mum local preparado para o efeito, a componente musical cativou a maior parte dos visitantes.

 

A banda de Vila Nova de Gaia US & Them abriu as hostilidades no palco 25 de Abril, seguida de Diabo na Cruz, Cacique’97, Eina, Sebastião Antunes e Quadrilha e Bunnnyranch.

 

À hora de jantar, os Deolinda iniciavam o seu espectáculo, onde apresentaram os temas mais sonantes dos seus dois discos de originais – “Canção Ao Lado” (2008) e “Dois Selos e Um Carimbo” (2010).

 

 

Mais tarde, o colombiano Roberto Pla espalhou os ritmos latinos pela Quinta da Atalaia, antes da subida a palco do mais recente projecto da música portuguesa sob o comando de João Gil – Baile Popular.

 

 

Uma hora e meia depois, às 00:00, começava o concerto do cabeça-de-cartaz da noite. Pedro Abrunhosa levou na bagagem temas dos vários álbuns da sua carreira, incluindo a primeira música a ser censurada em Portugal 20 anos depois do 25 de Abril – “Talvez Foder” (1995).

 

“É uma canção que escrevi há 15 anos, mas, infelizmente, mantém-se actual. É preciso combater a injustiça, a corrupção e tudo o que faz mal a um país”, disse Pedro Abrunhosa durante o concerto.

 

 

O músico falou ainda sobre a sua cidade natal, referindo que o Porto “recusou” dar o nome de José Saramago a uma rua, por “ser um escritor comunista”.

 

“É o preço da ignorância. Outros fizeram muito pouco e têm nome de aeroporto”, destaca.

 

Quase no término do concerto no Avante, naquele que considera ser o “verdadeiro festival da música portuguesa”, Pedro Abrunhosa pediu para que as luzes do palco fossem todas desligadas, a fim de “receber a luz” emanada pelo público, que empunha os telemóveis ao alto.

 

“Vocês [público] foram o espectáculo e eu vim deliciar-me convosco”, conclui Pedro Abrunhosa.

 

Contudo, a música não fica apenas circunscrita ao palco 25 de Abril. O Auditório 1º de Maio propôs as actuações dos lisboetas Stonebones & Bad Spaghetti, Claud, Monte Lunai, Ricardo Pinheiro Sexteto, Adriana, A Naifa, The Flawed Cowboys, Bernardo Sassetti Trio, Cambatango e Orquestra de Jazz de Matosinhos.

 

Por sua vez, o Palco Arraial dedicou-se à apresentação de inúmeros ranchos folclóricos e grupos corais e etnográficos.

 

Hoje, 05 de Setembro, é o último dia do Avante, que, para além da componente cultural, vai ser marcado pelo comício do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa.



publicado por Expressões Lusitanas às 02:23 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.05.10

 

O novo trabalho discográfico dos Deolinda atingiu o galardão de Ouro pelo número de vendas obtido e mantêm-se na liderança da tabela nacional de vendas. “Dois Selos e Um Carimbo” sucede a “Canção Ao Lado” (2008), que ocupa o quarto lugar na referida tabela.

 

Expressões Lusitanas

Redacção

 

Os Deolinda regressam com “Dois Selos e Um Carimbo”, um disco que atingiu a marca das 10 mil unidades vendidas.

 

Os Deolinda vão actuar esta quarta-feira, 19 de Maio, no Teatro de Vila Real. No dia seguinte, 20 de Maio, rumam até ao Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, e fecham a semana útil no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, a 21 de Maio.



publicado por Expressões Lusitanas às 20:22 | link do post | comentar

Quinta-feira, 06.05.10

 

Os Deolinda lançaram o seu segundo trabalho discográfico. Definem ‘Dois Selos e Um Carimbo’ como um álbum mais “maduro” e que “explora” algumas portas “deixadas em aberto” pelo disco de estreia do colectivo, “Canção Ao Lado”. ‘Um Contra O Outro” é o tema de estreia.

 

Daniel Pinto Lopes

 

Em ‘Dois Selos e Um Carimbo’, os Deolinda pretendem “explorar” e “experimentar” melhor novos tons e a sonoridade própria do grupo, explica o guitarrista Pedro Martins ao Expressões Lusitanas.

 

A “alegria” e o “positivismo” são a tónica dominante na escrita das letras presentes neste novo disco.

 

A vocalista Ana Bacalhau afirma ao Expressões Lusitanas que o novo álbum dos Deolinda pode ser visto como uma espécie de “carta” ou “correspondência” com ‘Dois Selos e Um Carimbo’.

 

Em alternativa, o grupo refere que o título do segundo trabalho de originais pode ser interpretado como o “oficializar” do projecto e da sua “maturidade”.

 

De acordo com a editora discográfica dos Deolinda, banda que na semana passada ganhou um prémio Internacional atribuído pela revista “Songlines”, o novo disco do colectivo entrou directamente para o primeiro lugar da tabela nacional de vendas.



publicado por Expressões Lusitanas às 10:59 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.04.10

 

Os Deolinda vão actuar na edição deste ano do CoolJazzFest no Jardim do Cerco, em Mafra, no dia 20 de Julho, pelas 22:00. Os bilhetes para o espectáculo já se encontram à venda.

 

Expressões Lusitanas

 

A sétima edição do CoolJazzFest em Mafra vai ter como destaque a presença em palco dos Deolinda, um grupo que combina fado com as influências da música popular portuguesa, de Sérgio Godinho a Madredeus.

 

“Nascido em 2006, o projecto conjuga fado (sem xailes negros, nem fatalismo) com referências musicais portuguesas, de António Variações a José Afonso, piscando o olho aos sons do Havai e do México, samba, jazz e pop”, detalha a organização do Mafra CoolJazzFest em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.


Em 2010, o grupo de Ana Bacalhau lança um novo disco de originais, que vai servir de pano de fundo para o espectáculo no Mafra CoolJazzFest.

 

Para além dos Deolinda está apenas confirmada a actuação em Mafra da Orquestra Buena Vista Social Club, tendo como convidada a intérprete Omara Portuondo (23 de Julho às 22:00).

 

A organização adianta que mais nomes para o cartaz da edição do CoolJazzFest em Mafra vão ser confirmados no decorrer dos próximos dias.



publicado por Expressões Lusitanas às 17:55 | link do post | comentar

Quinta-feira, 10.12.09

 

                        

 

O álbum de estreia dos Deolinda "Canção ao Lado" é considerado pelo jornal britânico "Sunday Times" o terceiro melhor do ano da 'world music'.

 

"Ana Bacalhau e a sua jovem banda combinam sonoridades de fado com a sensibilidade 'pop' e um piscar de olho ao coração dos portugueses. A melodia é fabulosa", escreve o jornal britânico.
 
No Verão passado, o mesmo jornal tinha-se referido ao álbum dos portugueses como "absolutamente encantador e delicioso".
 
Em terceiro lugar, o álbum dos Deolinda ficou atrás de "Inspiration / Information" dos etíopes Mulatu Astatke & the Heliocentrics e "Floodpain" dos Kronos Quartet.
 
Os Deolinda nasceram há três anos em Lisboa, lançaram o disco de estreia em 2008 e são constituídos pela vocalista Ana Bacalhau (ex-Lupanar), Pedro Martins e o irmão Luís Martins nas guitarras clássicas e José Pedro Leitão (também ex-Lupanar) no contrabaixo.
 
O grupo está a trabalhar num novo trabalho discográfico que deve sair no próximo ano de 2010.


publicado por Expressões Lusitanas às 19:06 | link do post | comentar

Quinta-feira, 29.10.09

                         

 

A cantora luso-canadiana Nelly Furtado declara-se fã dos Deolinda, uma revelação feita na página pessoal no Twitter.
 
Nelly Furtado começou por se referir ao grupo como sendo uma fadista, erro que corrigiu posteriormente. “Deolinda é fantástico”, pode ler-se numa mensagem em resposta a uma fã.
 
Os Deolinda estão este ano na Feira Womex (World Music Expo), que se realiza em Copenhaga, capital da Dinamarca. O espectáculo está marcado para o dia de amanhã.


publicado por Expressões Lusitanas às 13:50 | link do post | comentar