Sábado, 27.11.10

 

Tony Carreira voltou a esgotar duas noites de concerto no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, tratando-se do artista português a encher mais vezes esta sala lisboeta. Na primeira noite, sexta-feira, 26 de Novembro, 15 mil fãs entoaram as várias canções do repertório de mais de 20 anos de carreira do artista.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

O espectáculo começou com a descida do baterista numa plataforma móvel sustentada no tecto. De seguida os focos voltam-se para o palco e restantes músicos. No corredor central, no meio da área ‘vip’, Tony Carreira caminha até ao estrado, rodeado de vários seguranças, e a interpretar o tema “Até Ao Fim Dos Meus Sonhos”

 

Foi recebido com euforia e o nome “Tony” ecoava pelos quatro cantos do Pavilhão Atlântico. Tony Carreira agradeceu a presença do seu “magnífico” público e fez questão de salientar o facto de ser o artista que mais vezes actuou naquela sala lisboeta. “A primeira vez que pisei este palco foi há sete anos atrás. Ainda era virgem", brincou.

 

Após terem sido interpretadas algumas canções, Tony Carreira quis dar a conhecer ao público a “sensação” de estar em cima daquele palco. Escolheu ao acaso e Fátima, proveniente da Batalha, foi a felizarda e teve a oportunidade de saudar os 15 mil fãs presentes.

 

Já no meio do concerto e no decorrer da interpretação de um ‘medley’, uma avaria técnica obrigou Tony Carreira a lidar com as “coisas do directo”. Para remediar a situação, pediu ao seu pianista para tocar os acordes de uma música “não incluída no repertório”- “Por Ti”.

 

Mais tarde, um pano vermelho desceu sobre o palco. Em cima deste ficaram Tony Carreira e alguns dos seus músicos, num registo mais informal. Sentado numa cadeira, o músico português chamou o seu “anjo da guarda” – o produtor Ricardo Landum. Juntos cantaram mais algumas canções.

 

Já perto do final do concerto, o pano vermelho subiu e revelou uma nova faceta do espectáculo de Tony Carreira. Uma mini-orquestra de violinos e violoncelos serviu de base às últimas músicas definidas no alinhamento.

 

Posteriormente, saiu de palco e, perante a insistência do público, regressou para a derradeira parte do concerto. “A Vida Que Eu Escolhi”, “Obrigado” e “Este Sabor de Ti” encerraram o primeiro de dois espectáculos em Lisboa.

 

Uma longa fila de fãs permanecia no interior do Pavilhão Atlântico e aguardava pelo habitual autógrafo de Tony Carreira.

 

O músico português vai estar este domingo, 28, às 22:30, no Centro Comercial Colombo, em Lisboa, para fazer o lançamento oficial do seu novo disco “O Mesmo de Sempre”. “A Saudade de Ti” é o tema de estreia e já foi revelado no concerto deste fim-de-semana.



publicado por Expressões Lusitanas às 05:40 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.04.10

 

Os Deolinda vão actuar na edição deste ano do CoolJazzFest no Jardim do Cerco, em Mafra, no dia 20 de Julho, pelas 22:00. Os bilhetes para o espectáculo já se encontram à venda.

 

Expressões Lusitanas

 

A sétima edição do CoolJazzFest em Mafra vai ter como destaque a presença em palco dos Deolinda, um grupo que combina fado com as influências da música popular portuguesa, de Sérgio Godinho a Madredeus.

 

“Nascido em 2006, o projecto conjuga fado (sem xailes negros, nem fatalismo) com referências musicais portuguesas, de António Variações a José Afonso, piscando o olho aos sons do Havai e do México, samba, jazz e pop”, detalha a organização do Mafra CoolJazzFest em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.


Em 2010, o grupo de Ana Bacalhau lança um novo disco de originais, que vai servir de pano de fundo para o espectáculo no Mafra CoolJazzFest.

 

Para além dos Deolinda está apenas confirmada a actuação em Mafra da Orquestra Buena Vista Social Club, tendo como convidada a intérprete Omara Portuondo (23 de Julho às 22:00).

 

A organização adianta que mais nomes para o cartaz da edição do CoolJazzFest em Mafra vão ser confirmados no decorrer dos próximos dias.



publicado por Expressões Lusitanas às 17:55 | link do post | comentar

Domingo, 11.04.10

 

A festa dos 24 anos da Rádio Festival vai contar com as presenças confimadas em última hora de Luciana Abreu e Herman José, informa a emissora em comunicado enviado. Hoje, a partir das 15:00, mais de 30 artistas nacionais sobem ao palco do Pavilhão Rosa Mota, no Porto.

 

Daniel Pinto Lopes

 

A abertura do espectáculo, prevista para as 15:00, vai estar a cabo do humorista Herman José, que vai interpretar "os seus mais recentes sucessos", detalha a Rádio Festival no mesmo comunicado.

 

A actriz e cantora Luciana Abreu é outra das presenças na festa deste ano.

 

Pela primeira vez no aniversário da Rádio Festival vai estar José Carlos Pereira, o protagonista de uma das novelas da TVI, que vai apresentar hoje em palco o seu primeiro álbum "Azul".

 

Os três finalistas do concuros Ídolos -  Filipe Pinto, Diana Piedade e Carlos Costa - vão estar também presentes no 24º Aniversário da Rádio Festival.

 

"À semelhança dos anos anteriores este será um espectáculo de vários estilos musicais, onde o fado também estará presente, com as prestações de Camané, Carminho e Ricardo Ribeiro", pode ler-se no comunicado.

 

O jovem cantor Dário, que ocupa o sexto lugar na tabela de vendas nacional com o seu primeiro trabalho, vai realizar uma sessão de autógrafos nos jardins do Palácio de Cristal, a partir das 13:00.

 

De acordo com a emissora estão venvidos mais de cinco mil bilhetes para o espectáculo de hoje à tarde no Pavilhão Rosa Mota, que conta com mais de 30 nomes da música portuguesa: Ricardo Ribeiro, Seda, Marco Paulo, Sinal, Óscar Branco, Bandalusa, Santamaria, Perfume, Clemente, Be-dom, Manuel Morais e Lurdes de Sousa, Graciano Saga, José Malhoa, Cazino, Irmãos Verdades, Nicole, Marco e Manuel, Slide, Mónica Sintra, David Navarro, Beto e Ménito, Filipa Azevedo (vencedora do Festival de Canção), Rosita, entre outros.



publicado por Expressões Lusitanas às 08:08 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.04.10

 

O primeiro concerto de apresentação do novo álbum “Luar” de Rita Guerra é hoje, 9 de Abril, às 22:00, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.

 

Expressões Lusitanas

 

A cantora vai interpretar pela primeira vez ao vivo os temas de “Luar”, o novo disco de originais, que reconcilia Rita com o piano, em baladas clássicas e arranjos "elegantes", refere a editora de Rita Guerra em comunicado.

 

O disco, que reúne 13 temas da autoria de diversos compositores portugueses, entrou para o primeiro lugar da tabela de vendas na semana de lançamento.



publicado por Expressões Lusitanas às 00:24 | link do post | comentar

Sábado, 03.04.10

 

O palco do pavilhão Rosa Mota, no Porto, recebe no domingo, 11 de Abril, a partir das 15:00, mais de 30 artistas nacionais para o espectáculo dos 24 anos da Rádio Festival.

 

Expressões Lusitanas

 

Entre os artistas que já confirmaram presença estão os três jovens do concurso televisivo Ídolos. Filipe Pinto, Diana Piedade e Carlos Costa vão subir ao palco do pavilhão Rosa Mota. A estes juntam-se Herman José, Rita Guerra, o actor José Carlos Pereira, agora também nas lides da música, Luciana Abreu e Marco Paulo, entre outros 30 artistas convidados.

 

De acordo com a emissora, em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas, este vai ser um espectáculo que "vai seguir a linha de anos anteriores, com uma grande variedade de estilos musicais", nos quais o fado também estará presente, com as prestações de Camané e Carminho, entre outros.

 

O espectáculo de aniversário da Rádio Festival começa às 15:00, com abertura das portas do pavilhão Rosa Mota prevista para as 14:00.



publicado por Expressões Lusitanas às 10:11 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25.03.10

 

O projecto de José Rebola, o Anaquim, está na tabela de vendas pela terceira semana consecutiva. A banda prossegue a sua digressão por todo o país e já tem novas datas confirmada para os espectáculos ao vivo.


Daniel Pinto Lopes


O disco de estreia de Anaquim, “As Vida dos Outros”, está na tabela de vendas nacional pela terceira semana consecutiva desde o seu lançamento, informa a editora Universal Music.

 

A banda de Coimbra continua a divulgação do seu trabalho discográfico um pouco por todo o país e conta com novas datas marcadas.

 

De acordo com a editora discográfica de Anaquim ao Expressões Lusitanas, o grupo sobe ao palco do Café Concerto no Teatro Municipal da Guarda no dia de hoje, 25 de Março. No sábado, 27, apresenta-se no Centro Cultural de Congressos das Caldas da Rainha.

 

No mês de Abril, Anaquim dá a conhecer-se no Centro Cultural de Ílhavo. No mês seguinte, a 12 de Junho, a banda de Coimbra ruma até ao Centro de Artes de Sines. No dia 25 de Junho vai estar presente no Festival MED, em Loulé.

 

Já no dia 1 de Julho, Anaquim sobe ao palco do Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, e participa nas festas do Almonda, em Torres Novas, no dia 8 do mesmo mês.

 

A última data conhecida é 9 de Julho, quando Anaquim é recebido no Teatro Municipal de Bragança.

 

Notícias relacionadas:

Anaquim: um duende com uma “visão fresca do mundo” convida à mudança

Anaquim entra directo para 12º lugar da tabelas de vendas



publicado por Expressões Lusitanas às 12:37 | link do post | comentar

 

O novo álbum de Tiago Bettencourt, “Em Fuga”, entrou directamente para a segunda posição da tabela nacional de vendas, altura em que também são conhecidas as novas datas das apresentações ao vivo do novo disco.

 

Expressões Lusitanas


Neste segundo momento a solo, Tiago Bettencourt repetiu a companhia dos Mantha, nome pelo qual designa os amigos que participaram no álbum.

 

Com gravação repartida entre Lisboa e o Canadá, “Em Fuga” destaca-se pela versatilidade de temas, como “Chocámos Tu e Eu” e “Só Mais uma Volta”, os dois primeiros temas retirados do disco.

O músico cumpre agora a segunda semana de concertos de apresentação com actuações agendadas para hoje, 25 de Março, em Santarém (Teatro Sá da Bandeira), no dia seguinte, 26, em Guimarães e termina com um espectáculo no Teatro Villaret, em Lisboa, no dia 27 de Março.

 

Notícias relacionadas:

Tiago Bettencourt & Mantha apresentam "Em Fuga"



publicado por Expressões Lusitanas às 10:18 | link do post | comentar

Terça-feira, 09.03.10

 

A cantora brasileira Daniela Mercury é uma das cabeças-de-cartaz da edição de 2010 da Ovibeja, em Beja, certame promovido pela Associação de Criadores de Ovinos do Sul (ACOS).

 

Daniel Pinto Lopes

 

A artista está a comemorar 20 anos de carreira e conta já com mais de 12 milhões de discos vendidos em todo o mundo. Sobe ao palco principal do Parque de Feiras e Exposições, em Beja, no dia 1 de Maio.

 

A Ovibeja 2010 vai também contar com a actuação dos portugueses Fonzie (29 de Abril) e Blasted Mechanism (30 de Abril).

 

No dia de abertura do certame, a actuação vai ficar a cargo do espectáculo de Tunas (28 de Abril).



publicado por Expressões Lusitanas às 00:35 | link do post | comentar

Sexta-feira, 05.03.10

 

A nova banda sonora original para o filme mudo “Lisboa Crónica Anedótica” realizado por Leitão de Barros vai ser interpretada pelo guitarrista Flack (Rádio Macau e Micro Audio Waves) no encerramento do ciclo “Sexta, Meia Noite e uma Guitarra”.

 
Daniel Pinto Lopes
 

O ciclo “Sexta, Meia Noite e uma Guitarra” termina hoje no cinema São Jorge, em Lisboa, durante o qual, em cada sexta-feira, era apresentado um espectáculo em que o ponto de base e de partida consistia no trabalho de um guitarrista.

 

“Esse trabalho é aqui [no “Sexta, Meia Noite e uma Guitarra] apresentado num contexto de diálogo, mistura e experimentação com outras formas de expressão artística (cantores, actores, realizadores, outros músicos, etc)”, pode ler-se no comunicado enviado pela organização.

 

Na passada sexta-feira, 26 de Fevereiro, a guitarra de Pedro Jóia uniu-se à voz da nova geração do fado Ricardo Ribeiro para juntos apresentarem “Mourarias”, um concerto que, de acordo com a organização, teve casa cheia.

 

Para terminar o ciclo, hoje à meia-noite o guitarrista e fundador dos Rádio Macau, Flack, é acompanhado por Filipe Valentim (teclados), Fred (bateria e percussão) e Bruno Vasconcelos (baixo) e sugerem a banda sonora para o filme mudo “Lisboa Crónica Anedótica” de Leitão de Barros, que estreou em 1930 e retrata a sociedade lisboeta no final da década de 20 do século passado.

 

“Com o sol a banhar a cidade e a marcar o ritmo das várias figuras profissionais, do bulício da cidade e do ardina ao militar. Os estudos e o lazer dos alunos. As docas e a faina. Os bairros populares, os monumentos e praças do Comércio e Figueira. O trânsito em Lisboa, o domingo, os desportos, os turistas. Os velhos e as crianças, símbolos do fim e início de um ciclo de vida, a classe operária e a classe média emergente entre as duas Guerras Mundiais”, descreve a organização em comunicado.

 

A narrativa de “Lisboa Crónica Anedótica” é acompanhada por “peças musicais ora curtas ora mais complexas” e por vezes desenvolvidas em “vários andamentos”. A ideia base do filme consiste na captação e tradução dos ritmos e melodias de Lisboa dos anos 20 vista por Leitão de Barros para “os sons de hoje”.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 12:49 | link do post | comentar

Sábado, 27.02.10

 

Luís Represas apresenta-se hoje às 21:30 no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, depois de ter esgotado o Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, e o Teatro Virgínia, em Torres Novas, informa a agência do cantor em comunicado.

 

Daniel Pinto Lopes

 

A digressão que Luís Represas tem vindo a apresentar este ano chega hoje a Coimbra, depois de quase cinco anos desde a última vez que o cantor esteve na cidade.

 

"Com uma banda renovada, Represas mostra um espectáculo com diferente roupagem. Num formato acústico e intimista, onde o cantautor manterá uma maior proximidade e cumplicidade com o público, grandes temas intemporais de uma carreira consolidada, com quase 35 anos, serão desvendados pela primeira vez em novas ambiências sonoras", explica a agência de Luís Represas no comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

O artista vai ser acompanhado por baixo e contrabaixo eléctrico (Cícero Lee), guitarra (Luís Fernando), piano (Carlos Garcia) e bateria (Marcos Alves).



publicado por Expressões Lusitanas às 06:07 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.02.10

 

ÁUDIO da reportagem:

 

Os bilhetes para o Rock in Rio vão estar à venda a partir do dia de hoje. O evento realiza-se este ano nos dias 21, 22, 27, 29 e 30 de Maio no Parque da Bela Vista, em Lisboa.

 
Daniel Pinto Lopes
 

O cartaz da edição de 2010 do Rock in Rio ainda não está completo, sobretudo no Palco Mundo, que recebe os grandes nomes nacionais e internacionais da música.

 

Os cinco dias do evento estão dedicados a públicos diferentes e têm agora os respectivos bilhetes à venda.

 

A vice-presidente do Rock in Rio, Roberta Medina, diz ao Expressões Lusitanas que o dia da actriz e cantora Miley Cyrus (29 de Maio), que interpreta o papel de Hannah Montana, vai ser um dos primeiros a ver os seus ingressos esgotar

 

“Pelos telefonemas e e-mails que recebemos, os pais estão desesperados porque vêem os filhos também desesperados. São 90 mil bilhetes, mas notamos que as pessoas estão muito ansiosas, por causa da pressão feita pelos miúdos”, explica.

 

Ivete Sangalo e Shakira já provaram em 2006 que juntas conseguem esgotar bilhetes e, a pensar neste caso de sucesso, o primeiro dia do Rock in Rio volta a reunir as duas artistas.

 

Roberta Media afirma que “vai haver público” para todas as bandas até agora anunciadas, inclusive para o dia dedicado ao ‘heavy metal’. A responsável diz não ter “grande expectativa” de lotação esgotada, mas não é por isso que vai deixar de “ser um dia forte”.

 

“É um público muito fiel e muito divertido. Vão para lá brincar e vão todos vestidos de preto. Gostamos muito deles. Acho que vai ser um dia forte”, elucida.

 

 

Ao Expressões Lusitanas, Roberta Medina revela que está “ansiosa” por assistir ao concerto dos Snow Patrol, banda que vai actuar no dia 27 de Maio, juntamente com Muse e os Xutos & Pontapés.

 

Em mais uma edição do Rock in Rio, a organização volta a apelar para a utilização dos transportes públicos, que vão dedicar vários serviços especiais durante o evento.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 23:38 | link do post | comentar

 

ÁUDIO da reportagem:

 

O trompetista, compositor, produtor e jurado do concurso Ídolos Laurent Filipe apresenta-se sexta-feira em quarteto no Casino de Lisboa com a The Song Band, proporcionando um concerto mais “íntimo” do que os anteriores e com canções “escolhidas a dedo”.

 
Daniel Pinto Lopes
 

Laurent Filipe começou a tocar trompete – o “seu” instrumento musical – aos 12/13 anos. Aos 15 grava pela primeira vez e começa a ganhar dinheiro com a música.

 

Mais tarde tem formação em piano, porque considera ser um instrumento “mais completo” e com “uma grande paleta de cores”, que lhe foi essencial quando estudou composição.

 

Laurent Filipe confessa ao Expressões Lusitanas que aquilo que o levou para a música e para tocar trompete foi o jazz, após ter ouvido Loius Armstrong e ter visto um trompete – “um amor à primeira vista”.

 

Aprendeu posteriormente vários estilos e foi fazendo formação, passou pelos “estilos mais clássicos” e por “experiências mais modernas”. Desde estes primeiros passos até aos dias de hoje já se completaram 30 anos de carreira. “Passaram depressa, mas de uma forma consistente”, afirma Laurent Filipe.

 

O compositor toca as suas próprias orquestrações e as obras de outros compositores. Já fez colaborações com Mariza e Rui Veloso, prevendo “fazer mais no futuro”, sempre que o convidam. Considera que é um trabalho “interessante”.

 

Actualmente trabalha com a sua The Song Band e é com ela que vai subir ao palco do Casino de Lisboa nesta sexta-feira.

 

“[A banda] é o meu projecto mais recente e está relacionada com as canções, tal como diz o nome. São canções que às vezes não têm letra, mas cujo conteúdo melódico é tão bonito e importante que eu fiz questão de as seleccionar. São a essência das canções”, explica.

 

O concerto no Auditório dos Oceanos vai ser mais “íntimo” do que os anteriores e composto por canções “escolhidas a dedo”, por causa do “conteúdo” da letra ou porque “dizem alguma coisa em particular” a Laurent Filipe. Um repertório que “vai agradar a toda a gente”.

 

Abordando novamente a temática do jazz, Laurent considera que estamos perante um “bom estado” deste género musical em Portugal, “fruto da evolução dos anos”. Se o caminho a ser percorrido continuar nesta “via ascendente”, Portugal pode ter “em breve” mais uma geração de músicos com um “nível perfeitamente europeu”.

 

O trompetista foi recentemente jurado do concurso de caça de talentos musicais Ídolos e afirma que a vitória de Filipe foi “totalmente merecida”. Contudo, para Laurent, Filipe e Diana tiveram uma “vitória dupla”.

 

Ao contrário do que se esperava, o factor Carlos “não baralhou as contas” no final, um concorrente que “podia ter ganho”, tendo em conta a “figura de um ídolo pop” que apresentava.

 

No final, Laurent mostra-se “satisfeito” e “contente” por ter participado no programa, fazendo o “melhor” balanço e aceitando sem reservas a participação num nova e futura edição.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 20:39 | link do post | comentar

Sexta-feira, 19.02.10

 

Os D'ZRT vão apresentar-se pela primeira vez ao vivo na FNAC do Gaia Shopping desde o lançamento do novo álbum e a reunião dos elementos da banda após se terem separado em 2007.

 
Expressões Lusitanas
 

A FNAC do Gaia Shopping vai assim receber os D'ZRT no domingo, 21 de Fevereiro, pelas 22:00.



publicado por Expressões Lusitanas às 19:23 | link do post | comentar

 

O Estádio Nacional, no Jamor, Oeiras, vai receber um concerto de apoio à selecção nacional de futebol, reunindo a banda americana The Black Eyed Peas e artistas nacionais, como os Buraka Som Sistema, TT, NuSoulFamily e Funkyou2.

 
Daniel Pinto Lopes
 

Os The Black Eyed Peas vão realizar um concerto no Estádio Nacional, juntando-se aos grupos portugueses convidados para apoiar a selecção nacional no caminho que vai percorrer durante o campeonato mundial de futebol, que este ano se realiza na África do Sul.

 

Dia 30 de Maio é a data deste concerto de apoio a Portugal, numa “grande festa em torno da Selecção”, explica a promotora do evento em comunicado.



publicado por Expressões Lusitanas às 12:57 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.02.10

 

O ciclo "Sexta, Meia Noite e uma Guitarra", em que este instrumento de cordas assume um "elemento integrante e integrador", prossegue hoje, em Lisboa, com o espectáculo de Louro & Lima e Edgar Pêra com "Estórias de Uma Lisboa Fora de Si", no Cinema São Jorge.

 

Daniel Pinto Lopes

 

O "Sexta, Meia Noite e uma Guitarra" teve início no passado dia 5 de Fevereiro, um espectáculo que teve lotação esgotada. A actuação "Tons de Fado" esteve a cargo de José Manuel Neto e Camané, onde a voz esteve conjugada com a guitarra portuguesa.

 

O ciclo de espectáculos "não é um festival de guitarras virtuosa", no qual a guitarra é um "elemento integrante e integrador do conjunto que faz a música, da guitarra criativa das melodias e das canções da música popular - no fado, por exemplo, ela é protagonista, mas não está sozinha em cena, é cúmplice da voz, faz perguntas, responde, sublinha e, em última análise, também conta a história ", explica a organização em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

Cada espectáculo do "Sexta, Meia Noite e uma Guitarra" tem como base e ponto de partida o trabalho de um guitarrista, apresentado num "contexto de diálogo, mistura e experimentação com outras formas de expressão artística (cantores, actores, realizadores, outros músicos, entre outros)".

 

Hoje, à meia-noite, André Louro e João Lima (OqueStrada) "cruzam as artes distintas do piano e da guitarra portuguesa, instrumentos de tradições e sonoridades diversas que raramente se misturam, para a criação de uma identidade musical única e original", informa ainda a organização.

 

Para este espectáculo, João Lima convida o cineasta Edgar Pêra, que vai apresentar a vertente vídeo. "Cada uma das estórias ganha na tela uma forma visual que acentua os traços da sua realidade burlesca", tendo em conta que, no conjunto, "são as cenas que compõem o filme de uma Lisboa fora de si", refere a organização do evento.

 

O "Sexta, Meia Noite e uma Guitarra" tem lugar todas as sextas-feiras até ao dia 5 de Março no Cinema São Jorge, em Lisboa.

 

</style> </p>


publicado por Expressões Lusitanas às 09:34 | link do post | comentar

Segunda-feira, 08.02.10

 

Luís Represas está na estrada e de volta aos palcos para dar início à tour 2010, após uma queda na véspera de Natal que resultou numa intervenção cirúrgica devido a uma fractura na perna.

 

Daniel Pinto Lopes

 

O cantautor português apresenta, durante este mês de Feverereiro, dois espectáculos. O primeiro vai ter lugar em Torres Novas (Teatro Virgínia) no dia 20 e em Arcos de Valdevez (Casa das Artes) no dia 27.

 

Com um banda renovada, Luís Represas desloca-se a estas duas localidades para apresentar um espectáculo com "diferente roupagem", refere ao Expressões Lusitanas a agência de promoção do cantor em comunicado.

 

"Num formato acústico e intimista, onde o cantautor manterá uma maior proximidade e cumplicidade com o público, grandes temas intemporais de uma carreira consolidada, com quase 35 anos, serão desvendados pela primeira vez em novas ambiências sonoras", pode ainda ler-se no mesmo comunicado.

 

Nestes dois espectáculos ao vivo, Luís Represas vai ser acompanhado por baixo e contrabaixo eléctrico (Cícero Lee), guitarra (Luís Fernando), piano (Carlos Garcia) e bateria (Marcos Alves).

 



publicado por Expressões Lusitanas às 12:11 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.11.09

                                 

 

João Bosco e o seu violão pisam amanhã (26 de Novembro) o palco da lisboeta Aula Magna, na qual o seu último projecto de originais “Não Vou Para o Céu” vai estar em destaque, aproveitando ainda para reunir as canções que marcaram a já longa carreira.
 
A acompanhá-lo vai estar, na primeira parte, o músico brasileiro com carreira internacional Ricardo Silveira, cuja sonoridade está entre a bossa brasileira e o jazz americano, tendo, inclusive, já tocado ao lado de grandes nomes da música brasileira, como Maria Bethânia, Gilberto Gil, Ivan Lis, Ney Matogrosso, Hermeto Paschoal, Milton Nascimento, entre outros.
 
Com 37 anos de carreira, João Bosco, acompanhado do seu violão, é considerado um dos mais conceituados cantores, compositores, letristas e instrumentistas da música brasileira, tendo no currículo parcerias com Vinicius de Moraes, Aldir Blanc, Chico Buarque, Gal Costa e responsável por grandes êxitos imortalizados por Elis Regina.


publicado por Expressões Lusitanas às 23:54 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.10.09

                                                 

Mariza inaugurou ontem na Invicta a série de quatro concertos nos Coliseus do Porto e de Lisboa, com a digressão do platinado “Terra” em pano de fundo.
 
O Porto recebe hoje o último espectáculo no Coliseu desta cidade. Amanhã e no domingo, feriado de Todos os Santos, a fadista desce até Lisboa para cantar o seu fado no Coliseu da capital.
 
Recorde-se que Mariza já pisou o palco de algumas das mais prestigiadas salas de todo o mundo. Do Carnegie Hall, em Nova Iorque, à Sidney Opera House, passando pelo Barbican Hall, em Londres, o Palau de la Musica Catalana, em Barcelona, ou o Chan Centre for Performing Arts, em Vancouver, no Canadá, entre outras.
 
Mariza sobe agora ao palco dos Coliseus para interpretar os temas do álbum responsável pelos bem sucedidos “Rosa Branca” e “Beijo de Saudade” – “Terra” (editado em 2008). Um álbum que é merecedor da melhor posição de sempre de um disco nacional na ‘World Charts’ da Billboard (5º lugar nos Estados Unidos e 3ª posição no Canadá).
 Daniel Pinto Lopes
 
EXTRAS:
 
Reportagem áudio de Ana Sofia Carvalheda (Antena 1):
 

 

Vídeo do tema "Rosa Branca", que faz parte do mais recente álbum "Terra":

 



publicado por Expressões Lusitanas às 14:14 | link do post | comentar

Sábado, 24.10.09

 

Sérgio Godinho, Fausto Bordalo Dias e José Mário Branco voltaram a juntar-se em palco, num concerto realizado quinta-feira no Campo Pequeno, em Lisboa.

 

Foi a primeira noite do espectáculo "Três Cantos", onde juntos cantaram novas versões dos temas que já são clássicos.

 

O Porto recebe o trio no próximo sábado, 31 de Outubro, no Coliseu da Invicta.



publicado por Expressões Lusitanas às 19:58 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.10.09

                       

 

Ana Moura subiu ontem ao palco da Casa da Música, no Porto, naquele que foi o primeiro espectáculo de uma digressão em Portugal e além-fronteiras para apresentar o novo álbum “Leva-me Aos Fados”.
 
REPORTAGEM ÁUDIO: Ana Moura leva-nos aos fados
 
Hoje, a fadista vai subir ao palco do Teatro Tivoli, em Lisboa, para um novo espectáculo. Tal como no Porto, na capital portuguesa Ana Moura vai ter como convidados os Gaiteiros de Lisboa, que neste novo trabalho discográfico gravaram com Ana Moura o tema “Não é um Fado Normal”.
 
Nos espectáculos, Ana Moura é acompanhada por dois guitarristas – Custódio Castelo e José Manuel Neto (guitarra portuguesa). Filipe Larsen (viola-baixo) e José Elmiro Nunes (viola) acompanham também Ana Moura nos espectáculos.
 
“Leva-me Aos Fados” é o terceiro disco de inéditos de Ana Moura, que conta com a participação de, entre outros, José Mário Branco, Tózé Brito, Amélia Muge e Manuela de Freitas.
 
Para além do Porto e de Lisboa (hoje), Ana Moura vai estar presente em outras localidades portuguesas na apresentação do novo disco, como Guimarães, Ílhavo, Coimbra, Torres Novas, Leiria, Famalicão e Guarda.
 
A digressão termina em 22 de Dezembro e até lá a fadista tem a oportunidade de dar 10 concertos no estrangeiro: um na Suíça, um na Dinamarca, cinco na Holanda e três na Bélgica.


publicado por Expressões Lusitanas às 14:03 | link do post | comentar