Sábado, 16.05.09

 

Os portugueses Flor-de-Lis ficaram em 15º lugar na final do Festival Eurovisão da Canção, que este ano se realizou no pavilhão Olimpiyskiy em Moscovo, Rússia.
 
O país vencedor do 54º Festival foi a Noruega (esta é a terceira vez que ganha), com a canção “Fairytale”, interpretada pelo cantor de origem bielo-russa Alexander Rybak, de 23 anos.


publicado por Expressões Lusitanas às 23:26 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.05.09

        

 

O grupo UER (da Eurovisão) aceitou o pedido da TVE, a televisão pública espanhola, de trocar a transmissão da primeira semi-final, onde estava representado Portugal e Andorra, pela segunda meia-final, originando polémica nos dois países.
 
O sorteio ditou que a TVE iria transmitir e votar nos países que estivessem presentes na primeira semi-final.
 
Devido ao facto de o principal debate político do ano ser transmitido hoje, dia 12 de Maio, a Televisión Española (TVE) pediu a alteração do dia de transmissão e de votação.
 
Tal facto não foi bem visto pelos seguidores do Festival da Canção de Portugal e Andorra.
 
A representante de Andorra, a cantora Susanne Georgi, e a RTVA, a televisão do principado, vieram a público censurar a posição tomada pela televisão pública espanhola. Em Portugal, a RTP não fez qualquer declaração.
 
Por outro lado, os fãs do espectáculo de ambos os países estão a unir esforços para que no próximo sábado, noite da final do concurso, haja um boicote à candidatura espanhola.
 
Hoje, a representante espanhola na Eurovisão, Soraya Arnelas, fez saber através de comunicado que a decisão da TVE não teve a sua interferência.
 
Ciente de que o facto de Espanha não votar na mesma semi-final de Portugal e Andorra poder afectar a passagem dos dois países à final, a cantora escreve que sabe “muito bem que uma parte dos votos que recebem os artistas que competem na Eurovisão são dirigidos especificamente aos artistas”, mas, por outro lado, “dirigem-se para os países, para a simpatia ou proximidade que cada país desperta nos outros”.
 
Soraya entende o descontentamento dos fãs dos dois países e “gostava que na Eurovisão primasse a qualidade dos artistas" e "que se votasse nos artistas".
 
"Se assim fosse, e em teoria deveria ser assim, era indiferente em que semi-final votava cada país”, refere.
 
Para a representante espanhola, os apelos ao boicote dirigidos à sua candidatura “são a prova de que para muitos tal é secundário”.
 
“Contudo, como cantora, não posso focar a minha carreira e o meu trabalho sobre esse tipo de critérios. A Eurovisão acaba dia 16. Posteriormente, e independentemente do que acontecer em Moscovo, continuarei a dar o melhor de mim mesma como cantora e estou confiante de que também o poderei dar em Portugal e em Andorra”, refere Soraya Arnelas em comunicado hoje enviado.
 
“A música não conhece fronteiras nem outras coisas. Por alguma coisa é uma linguagem universal”, sintetiza.

 

Na foto: Soraya Arnelas



publicado por Expressões Lusitanas às 00:07 | link do post | comentar

Terça-feira, 12.05.09

                             

O grupo Flor-de-Lis representa hoje Portugal na primeira meia-final do Festival Eurovisão da Canção, que este ano decorre em Moscovo, na Rússia.
 
O grupo português vai levar ao palco do festival o tema “Todas as Ruas do Amor”, de Pedro Marques e Paulo Pereira,a canção escolhida na selecção feita em Portugal com base nos votos dos espectadores da RTP.
 
Os instrumentos que vão soar em Moscovo foram desenhados propositadamente para o grupo pelo construtor bracarense MC Acústico, que criou uma linha própria para a qual Daniela Varela, a vocalista, desenhou uma flor-de-lis estilizada.
 
Em cada uma das meias-finais participam 19 países, estando na final representados 25 países: 20 que superarão as meias-finais (10 de cada semi-final), a que se juntam a França, Alemanha, Espanha e Grã-Bretanha, que têm lugar cativo na final, e ainda a Rússia que venceu a edição do ano passado.
 
A televisão pública transmite em directo a semi-final em que participa Portugal e a final.
 
A RTP transmitirá ainda a outra semi-final, em diferido, em que concorrem Eslovénia, Dinamarca, Azerbaijão, Holanda, Letónia, Hungria, Sérvia, Noruega, Ucrânia, Grécia, Lituânia, Polónia, Croácia, Estónia, Moldávia, Chipre, Irlanda, Eslováquia e Albânia.
 
Portugal nunca venceu o Festival da Eurovisão, que se realiza desde 1956, mas ao qual a RTP só concorre desde 1964, com uma única interrupção, em 1970, em que não se fez representar.
 
O motor de busca Google lançou, entretanto, uma mini-aplicação que permite aos utilizadores acompanhar diariamente o nível de popularidade das canções concorrentes ao Festival Eurovisão da Canção.
 
A aplicação, acessível em www.google.pt/eurovision, apresenta a subida ou descida da popularidade on-line das canções a concurso através de um gráfico de popularidade e de uma tabela com as canções mais e menos pesquisadas na Internet.
 
A informação disponibilizada aos utilizadores baseia-se na análise de pesquisas na Internet sobre cada canção concorrente e é actualizada diariamente.
 
Fonte: Expressões Lusitanas/Expresso
Fonte da imagem: Eurovision Russia 2009


publicado por Expressões Lusitanas às 11:20 | link do post | comentar