Sexta-feira, 25.06.10

 

O 24 horas pode vir a fechar portas, informa o Correio da Manhã na sua edição ‘online’. Entretanto, ao que o Expressões Lusitanas apurou, os jornalistas do diário terão já sido informados da decisão de a Global Notícias suspender o jornal.


Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Os números da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT) revelam que o 24 Horas vendeu uma média de 16 mil e 356 exemplares, em Janeiro e Fevereiro deste ano, ou seja, cerca de metade do que vendeu no mesmo período de 2009.

 

O jornal é dirigido por Nuno Azinheira, deste Agosto de 2009.



publicado por Expressões Lusitanas às 11:50 | link do post | comentar

Quinta-feira, 04.03.10

 

O lançamento do quinzenário “LusoJornal” no principado de Andorra foi “adiado”, pelo facto de o governo local querer que a publicação seja imprensa “apenas” em catalão e não em formato bilingue, algo que a direcção do jornal “não aceita”.

 
Daniel Pinto Lopes
 

O LusoJornal é uma publicação gratuita que conta com duas edições em França e na Bélgica dirigida aos portugueses emigrados nestes países e que tinha lançamento previsto de uma terceira edição para Andorra na terça-feira, 02 de Março.

 

O governo do principado de Andorra comunicou aos responsáveis da publicação que o jornal dirigido à comunidade portuguesa só podia ser impresso em língua catalã e, por isso, o lançamento teve de ser adiado.

 

“Nós sabíamos que a lei andorrenha é extremamente rígida em relação à língua, mas a nossa proposta é fazer um jornal bilingue”, explica ao Expressões Lusitanas o director Carlos Pereira.

 

O responsável detalha ainda que na semana passada foi tornada pública uma estatística que revelava que a língua catalã tinha “perdido seis por cento de utilização no próprio principado”, um facto que Carlos Pereira “deduz” poder ter influenciado a decisão por parte das autoridades de Andorra.

 

“Os contactos com o governo foram bons e, inclusive, existe uma revista bilingue em Andorra chamada Voz Lusa”, sublinha.

 

Carlos Pereira diz que “não faz sentido” o jornal ser publicado apenas em língua catalã e que acha “estranho” que “em pleno século XXI” haja um principado que “imponha este tipo de restrições linguísticas”.

 

“O próprio primeiro-ministro de Andorra achou que este seria um projecto interessante”, sustenta.

 

O director do LusoJornal espera que haja uma “compreensão” e uma “reflexão” por parte do governo de Andorra e que a visita oficial do presidente da República, Cavaco Silva, a este principado (entre sexta e domingo) “possa influenciar um pouco” a decisão tomada.

 

Para já não há previsão de quando o jornal possa sair para as bancas, apesar de, garante Carlos Pereira, o mesmo já estar “pronto” para ser impresso.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 11:30 | link do post | comentar

Sábado, 20.02.10

 

O mau tempo que fustigou hoje a Madeira é notícia de destaque nos portais electrónicos dos principais jornais, rádios e televisões da Venezuela, país onde mais de 80 por cento dos 600 mil portugueses residentes são naturais do arquipélago.

 

Com Sapo Notícias

 

“Ascendem a 32 o número de falecidos na ilha portuguesa da Madeira” diz o 'Últimas Notícias', o jornal de maior tiragem no país, que acrescenta que outras “68 ficaram feridas nas inundações e deslizamentos de terras causados por chuvas torrenciais e fortes ventos”.

 

A estação de televisão privada de notícias Globovisión avança que “há populações isoladas, estradas cortadas e graves danos em numerosas zonas do arquipélago”e relata também que o aeroporto do Funchal foi encerrado e que o “primeiro ministro José Sócrates manifestou a sua solidariedade para com os habitantes da Ilha”.

 

A estação de televisão estatal Telesul refere que “os caminhos do centro da cidade (do Funchal) converteram-se em torrentes de água, o que dificulta as operações de socorro”.

 

“Em várias zonas da capital da Madeira há uma avalanche de escombros e lodo, tudo produto de deslizamentos de terras que arrasaram casas e veículos”, precisa.

 

Notícias relacionadas:

Protecção Civil alerta para chuva forte em Lisboa, Leiria e Setúbal

Sobe para 32 número de mortos provocados pelo mau tempo na Madeira

Chuva intensa provoca caos em vários pontos da ilha da Madeira



publicado por Expressões Lusitanas às 20:38 | link do post | comentar

Domingo, 05.07.09

                  

 

Na sequência da notícia que saiu a público sobre a intenção de Maria João Pires renunciar à nacionalidade portuguesa, o Diário de Notícias publica um texto no qual se descreve o desconhecimento desta intenção por parte da filha e de uma amigo da pianista.

 

O Expressões Lusitanas escreve agora um pequeno excerto desta notícia da autoria de Marina Marques e de Sérgio B. Motta, do DN. Pode ler a peça na íntrega nesta página do jornal.

 

 

(...)"

"

 

A viver no Brasil desde 2006, Maria João Pires terá afirmado que pretendia renunciar à nacionalidade portuguesa, adoptando a brasileira. Contactados pelo DN, tanto a filha, Joana Pires, como o amigo Adriano Jordão dizem desconhecer esta intenção da artista

 
"Li com algumas reservas o que saiu nos jornais, porque acredito que tenha sido mais um desabafo num centro comercial. Não seria a primeira vez que se publicava uma notícia com erros", afirmou ao DN Adriano Jordão, o pianista brasileiro e amigo pessoal de Maria João Pires, à margem da FLIP, Festa Literária Internacional de Paraty, sobre a notícia avançada ontem pela Antena 2. Segundo a estação de rádio, a pianista terá confidenciado ao jornalista Paulo Alves Guerra, durante um encontro casual num centro comercial de Lisboa, que iria renunciar à cidadania portuguesa, optando pela brasileira.
 
Joana Pires, filha da pianista e presidente da Associação Belgais, afirmou ao DN desconhecer essa intenção da mãe, a viver no Brasil desde 2006, onde desenvolve um projecto semelhante ao de Belgais, "embora adaptado à realidade brasileira", explicou.
 



publicado por Expressões Lusitanas às 15:26 | link do post | comentar

               

 

Amargurada, a pianista Maria João Pires quer deixar de ser portuguesa e passar a ser brasileira.

 

A pianista queixa-se do desinteresse das autoridades pelos projectos que tentou desenvolver em Portugal e tenta seguir o seu caminho sem olhar para trás.

 

Segundo a rádio Antena 2, já só falta chegarem os papéis para a decisão se tornar irreversível. Aliás, Maria João Pires deve regressar ao Brasil já nesta sexta-feira, de onde não tenciona regressar.

 

Diz estar «farta de coices e pontapés em Portugal» e que por esta razão vai renunciar à nacionalidade portuguesa. Agora, pretende apostar num projecto hoteleiro, a «Toca do Toco», em Salvador, na Baía.

 

Maria João Pires não pretende renunciar aos concertos a Portugal, mas depois de ter abandonado o país em 2006, na sequência dos problemas surgidos no Centro para o Estudo das Artes, em Belgais, o Brasil transformou-se cada vez mais na sua pátria.

 

Fonte: Meios de comunicação

 



publicado por Expressões Lusitanas às 11:22 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.06.09

                                                

 

Os Taxi lançam hoje o novo disco "Amanhã", com apresentação oficial marcada para sexta-feira num concerto no Coliseu do Porto.

 

Há já 22 anos que os Taxi não entravam em estúdio para compôr um disco de originais, visto que o álbum mais recente da banda ("The Night") data de 1987.

 

No concerto de sexta-feira no Coliseu, intitulado "Ontem, Hoje e Amanhã", os Taix vão tocar temas do novo disco, conjugados com os temas clássicos do grupo.

 

O primeiro "single" retirado deste novo disco é o tema "Não Sei Se Sei", que vai ser lançado conjuntamente com a edição de sexta-feira do jornal Público.

 

Os Táxi são um nome incontornável do pop/rock português da década de 1980. Os temas mais conhecidos são os êxitos "TV WC", "Cairo", "Chiclete", entre outros.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 00:05 | link do post | comentar

Domingo, 24.05.09

                                     

 

O humorista Herman José convidou Mariza, amiga de longa data, para gravar um dueto a incluir no próximo disco, mas a fadista recusou, alegando que a sua editora não lho permite.
 
Herman José confirma a situação ao jornal Correio da Manhã, adiantando que a nega “não é causa de nenhuma zanga” entre ambos. “Mas ficaria muito mais feliz” se Mariza tivesse aceite, acrescentou.
 
“O que ela me disse foi que a editora [a Valentim de Carvalho] não tem hipótese de entrar em negociações com a minha [a Espacial]", esclarece Herman José.
 
O humorista diz ainda ao jornal que da nega “não resulta nada de grave”. “Era na desportiva. É uma música romântica (‘Amor Avariado’) e eu achei que ficava giro cantada a dois”, sustenta.
 
Herman José começa a gravar o disco, que vai ter 12 canções, em Junho, com a Orquestra do Maestro Pedro Duarte.
 
Fonte: Correio da Manhã

 



publicado por Expressões Lusitanas às 20:25 | link do post | comentar

Sábado, 09.05.09

                             

 

 

O ex-vocalista do projecto Ala dos Namorados, Nuno Guerreiro, foi vítima de violência doméstica.
 
O músico diz ao jornal 24 Horas de sexta-feira que foi espancado pelo "amor da sua vida" e que ficou com muitas "marcas físicas na cara".
 
Tudo se passou há menos de um ano. O cantor esteve internado durante quatro dias no hospital, mas diz ter evitado que a situação fosse divulgada na imprensa recorrendo à utilização de maquilhagem para disfarçar as marcas.
 
Só os amigos mais chegados de Guerreiro souberam do sucedido.
 
A relação terminou e apesar de continuar a falar com a pessoa que o violentou, o cantor garante que a relação a que se dedicou a "200 por cento" não poderá nunca ser reatada, porque "nunca na vida se perdoa uma coisa destas".
 
"Isto mudou muito a minha maneira de ser e de estar na vida. Eu podia ter acabado naquele dia, podia já não existir, por isso agora quero é descobrir coisas novas e saborear o bom da vida", disse ainda, antes de apresentar os novos projectos.
 
Nuno Guerreiro vai enveredar por uma carreira individual, depois de ter terminado o projecto Ala dos Namorados. O fim da banda aconteceu, em parte, por causa da situação de violência doméstica: "Houve muitas pessoas que eu achava que estavam do meu lado e, quando isto me aconteceu, foi como se me tivessem dado um pontapé. Incluíndo colegas da Ala", acusa Guerreiro.
 
O nome artístico que o músico vai adoptar é Warrior. "Sou um guerreiro a lutar contra tudo e contra todos", diz.
 
O novo álbum será editado em parceria com o DJ Phil Kay já no próximo mês e marca uma passagem da música pop para uma sonoridade mais house: "Agora estou numa fase em que me apetece arrancar a camisa, rasgar-me todo".
 
"Para já, isto é apenas um apontamento da minha vida", diz, referindo-se ao novo projecto. "Em Agosto, espero já estar a gravar um disco a solo, mais dentro do meu género musical", conclui.
 
Fonte: Blitz e 24 Horas
Fonte da imagem: Blitz


publicado por Expressões Lusitanas às 23:04 | link do post | comentar

Terça-feira, 05.05.09

                                                            

 

 

A cantora Ana Malhoa regressa aos discos com um novo visual, que considera, em declarações ao Correio da Manhã (CM), ser “o mais adequado e o mais sexy”.
 
Curiosamente, o novo disco de Ana Malhoa chama-se “Sexy” e chega às lojas no próximo dia 18 de Maio.
 
A cantora diz ainda ao CM que o novo trabalho é "o resultado de uma fusão de estilos musicais que direccionam este trabalho para as pistas de dança".
 
Ana Malhoa adianta ainda ao matutino que “as 13 canções misturam sonoridades pop-dance, aliadas aos ritmos do hip-hop e do reggaeton".
 
Assim, no novo disco estão presentes temas como ‘Sinto-me Sexy’, ‘Devora-me com Beijos’, ‘Sou o Fruto Proibido’ e ‘Beija-me Mais uma Vez’.
 
O primeiro single é ‘Sinto-me Sexy’ e o vídeo estará disponível em breve.
 
“Prestes a completar trinta anos, Ana Malhoa é uma das artistas portuguesas mais procuradas pelos internautas”, concluiu o Correio da Manhã.
 
Fonte: Correio da Manhã
Fonte da imagem: Correio da Manhã


publicado por Expressões Lusitanas às 11:47 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.05.09

                                  

 

O apresentador de televisão e divulgador da banda desenha e do cinema de animação em Portugal, Vasco Granja, morreu esta madrugada aos 83 anos, em Cascais.

 
O anúncio do óbito foi feito via comunicado pelo Festival de Banda Desenhada da Amadora, escreve hoje o jornal gratuito “Destak”.
 
Nascido em Campo de Ourique, Lisboa, a 10 de Julho de 1925, Vasco Granja é consensualmente reconhecido enquanto figura maior da animação em Portugal.
 
Ao nome de Vasco Granja é frequentemente associada a origem do termo “banda desenhada”, num artigo publicado no Diário Popular em 1966, escreve o jornal Público.
 
Preso político do Estado Novo, Vasco Granja foi um animador e crítico das mais diversas disciplinas culturais, sobretudo a literatura e o cinema, e manteve um programa sobre cinema de animação da RTP durante mais de 1000 emissões, antes de se reformar em 1990.
 
Fonte: Destak e Público
Fonte da imamgem: Luís Branco (Público)


publicado por Expressões Lusitanas às 22:54 | link do post | comentar

Quinta-feira, 02.04.09

 

                                

 

Zé Pedro, o carismático guitarrista dos Xutos & Pontapés, vai estar hoje à conversa na página do Jornal de Notícias (JN), às 21:00, acessível a todos.

 

A iniciativa deve-se ao lançamento do novo disco da banda na próxima segunda-feira, que comemora os 30 anos de carreira dos Xutos.

 

Zé Pedro, "nascido em Lisboa há 52 anos, fundou os Xutos e Pontapés através de um anúncio de jornal em busca de membros e, dos ensaios na garagem, viu o sonho levantar voo na sua primeira actuação em 1979. Álbuns como "Circo de Feras", "Gritos mudos" e "Dizer não de vez" ajudaram a firmar os Xutos como a mais destacada banda portuguesa, com uma legião de fãs que atravessa gerações", escreve o JN na página da internet.

 

Não se esqueça: hoje às 21:00 pode falar com Zé Pedro, bastando para isso aceder a http://jn.sapo.pt

 

 

                            

 

Fonte da imagem: José António Domingues/Jornal de Notícias



publicado por Expressões Lusitanas às 06:30 | link do post | comentar

Quarta-feira, 01.04.09

 

                             

 

O jornal gratuito Destak tem 5 bilhetes duplos para oferecer para o OnLive@Aula Magna, no dia 4 de Abril, um evento para celebrar o lançamento da nova Nokia Music Store.

 

Dois palcos e seis bandas portuguesas na Aula Magna

 

"Uma noite. Dois palcos. Seis bandas. Estas são as premissas do OnLive@Aula Magna", lê-se no Destak de hoje.

 

Para concorrer aos bilhetes que o gratuito tem para oferecer, ligue 760 309 910. Os bilhetes são oferecidos de 10 em 10 chamadas.

 

Fonte da imagem: Destak



publicado por Expressões Lusitanas às 22:19 | link do post | comentar