Quinta-feira, 17.02.11

 

Uma fã de Leandro tatuou nas costas a cara do músico – sessão de autógrafos em Lisboa


O artista português volta a pisar o palco do Coliseu de Lisboa, após o concerto realizado no ano passado e no âmbito da gravação do seu primeiro DVD. O dia 26 de Março é a data escolhida para o regresso de Leandro à sala de espectáculos lisboeta.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

“Um novo formato, um novo conceito, novas canções, mas com a mesma emoção”, explica a editora de Leandro em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

O concerto está agendado para as 22:00 do dia 26 de Março, sábado. O preço dos bilhetes varia entre os 12 e os 96 euros.



 



publicado por Expressões Lusitanas às 15:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.11.10

Uma fã de Leandro tatuou no seu corpo a cara de Leandro


As cerca de duas horas de concerto de Leandro do passado dia 13 Março estão agora compiladas em CD+DVD. “Ao Vivo no Coliseu de Lisboa” é o título do primeiro DVD ao livro de Leandro. A edição de luxo inclui um livro sobre a sua infância, adolescência e carreira musical, redigido por Débora Godinho.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

“É mais um sonho realizado e um passo de gigante na minha carreira, tendo em conta o pouco tempo que tenho na música portuguesa [quatro anos]”, refere Leandro em entrevista exclusiva ao Expressões Lusitanas, à margem de uma sessão de autógrafos realizada ontem no Centro Comercial Colombo, em Lisboa.

 

O DVD ao vivo reúne as 21 canções interpretadas no Coliseu de Lisboa, entre as quais está um tema inédito. “Volta P’ra Mim Mamã”, escrito por Ricardo Landum (assina a maioria das letras de Tony Carreira), retrata as “saudades” de Leandro pela sua mãe, que faleceu tinha o músico 16 anos de idade.

 

A edição de luxo inclui um livro redigido por Débora Godinho, após o convite formulado pelo próprio Leandro. “Ela conhece muito bem a minha vida e consegue captar coisas só pelo meu olhar”, afirma.

 

Trata-se de uma biografia de 35 páginas sobre a infância, adolescência, desgostos, amores e arrependimentos do cantor romântico. “Não olhei a meios para contar toda a verdade. As pessoas têm de conhecer e saber quem é o Leandro”, explica.

 

No cômputo geral, as cerca de duas horas de concerto compiladas no DVD captam os momentos e emoções vividas no Coliseu de Lisboa. “Foi um espectáculo bastante intimista, no qual marcaram presença vários casais de namorados de todas as idades para sentiram a música e a força do amor”, recorda o músico português.

 

O reencontro de Leandro com o palco do Coliseu acontece no dia 26 de Março do próximo ano. Até lá, será que vai haver um novo disco de originais? “Ainda é uma incógnita”, responde. A única certeza, para já, é que se encontra em estúdio a compor os novos temas.



publicado por Expressões Lusitanas às 19:36 | link do post | comentar

Segunda-feira, 04.10.10

 

O Coliseu dos Recreios, em Lisboa, acolheu o primeiro festival organizado pela editora Espacial. Cerca de três mil pessoas assistiram a quase três horas de música interpretada por Ana Malhoa, Lucas & Matheus, Toy, Santamaria, Marco Paulo, entre outros.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A apresentação do primeiro festival da editora Espacial esteve a cargo de Carlos Ribeiro, actualmente “desempregado”, como o próprio se intitulava no decorrer do espectáculo.

 

“A rádio onde trabalhava [Romântica FM] morreu e agora estou no desemprego”, refere o anfitrião.

 

No meio das cerca de três mil pessoas presentes no Coliseu estavam duas personalidades bem conhecidas do público. Trocando o palco e as luzes da ribalta por um camarote, Tony Carreira e a mulher assistiram às quase três horas de espectáculo de música popular e ligeira portuguesa. Por seu lado, Lili Caneças optou pela plateia, sentando-se lado a lado com pessoas anónimas.

 

O rol de actuações começou à hora certa – 22:00 – com a Orquestra Chave D’Ouro. Cada grupo ou artista interpretava apenas dois temas, à excepção de Índia Malhoa, filha de Ana Malhoa, que estreou no Coliseu uma das suas músicas, juntamente com o produtor Jorge do Carmo.

 

A seguir ao colectivo de Alcácer do Sal, a dupla Ricardo & Henrique subiu ao palco. Mais tarde foi a vez de Ana Malhoa, seguida da filha Índia e, posteriormente, Pedro Miguel, Augusto Canário e amigos, Lucas & Matheus e a brasileira Adriana Lua.

 

Já passavam das 23:00 quando Toy subiu ao palco. Suzana e Leandro seguiram-se e antecederam as presenças dos Santamaria e Marco Paulo.

 

Com 40 anos de carreira, o músico natural de Mourão, no Alentejo, recebeu os aplausos da noite. Vários fãs deslocaram-se até perto do palco para entregar flores e lembranças. Houve quem pretendesse que Marco Paulo autografasse alguns dos seus discos durante a actuação.

 

No final, os 13 artistas e grupos convidados juntaram-se no palco para cantar o tema “Mãe Querida”, da autoria de Ricardo Landum, que esteve presente na despedida do primeiro festival da Espacial.

 

FOTOS:

 

Ana Malhoa

 

Índia Malhoa

 

Toy

 

Suzana

 

Santamaria

 

Marco Paulo

 

Fotos: Expressões Lusitanas



publicado por Expressões Lusitanas às 14:59 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.03.10

Créditos fotográficos: João Portugal

 

ÁUDIO da REPORTAGEM:

 

O cantor romântico Leandro sobe este sábado, 13 de Março, ao palco do Coliseu de Lisboa para apresentar o seu mais recente trabalho discográfico ‘Também Eu’, prometendo um concerto com algumas surpresas e que “vai bater nos corações”.

 
Daniel Pinto Lopes
 

Leandro actua em concerto no Coliseu de Lisboa, durante o qual vai interpretar temas do novo disco ‘Também Eu’, que tem o mesmo nome do tema de estreia, porque, diz o artista, é uma canção com a qual se identifica e conta uma “história de amor” que aconteceu a amigos seus.

 

Em traços gerais, Leandro explica ao Expressões Lusitanas que este álbum é mais um trabalho “romântico” e que reflecte a “experiência” ganha pelo artista ao longo do tempo.

 

“É um trabalho mais maduro e que tem mais a ver comigo. Nos outros dois trabalhos andámos ainda a procurar o registo musical que o meu público queria ouvir”, detalha.

 

O cantor descreve que este terceiro disco pediu “novas exigências”, sobretudo por parte do produtor Ricardo Landum, que, entre outros artistas, trabalha com Tony Carreira. Confessa que foi “complicado”, mas, por outro lado, foi bastante “gratificante” poder “superar uma missão” que o produtor tinha, “correspondendo” às suas expectativas.

 

A carreira de Leandro na música começou há cerca de cinco anos. Ao olhar para trás para fazer um balanço e uma retrospectiva, Leandro assegura que voltava a fazer “tudo de novo” e a “repetir todos os passos”, tendo em conta que “sempre foi um sonho” trabalhar com a equipa, editora e com o produtor Ricardo Landum.

 

Estamos a menos de um dia antes de Leandro subir ao palco do Coliseu de Lisboa. A preparação do espectáculo tem sido “intensa” e garante que já conseguiu recuperar algumas horas de sono, apesar de a ansiedade ser o sentimento predominante.

 

O artista afirma que tem algumas surpresas reservadas para o concerto, mas não as desvenda nem levanta um pouco a ponta do véu. Porém, diz que quem for assistir ao concerto no Coliseu de Lisboa pode esperar um espectáculo “bastante romântico” e que “vai bater corações”, tanto nas fãs, como nos homens.

 

Leandro admite que há “muitos casais de namorados” em que os homens “não aceitavam” a sua música, situação que se contrariou e acha “engraçado” que alguns lhe digam que “despertou um lado romântico” que desconheciam.

 

Antes de subir ao palco, Leandro deixa uma “mensagem de agradecimento” a cada um dos seus fãs através do Expressões Lusitanas.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 19:41 | link do post | comentar