Quarta-feira, 30.12.09

                            

 

A mulher do senador John Kerry e filha de pais de origem portuguesa ,Teresa Heinz Kerry, admitiu que está a receber tratamento para o cancro da mama, depois de ter descoberto a doença através de uma mamografia que fez. *com DN
 
A mulher do ex-candidato presidencial democrata defendeu o uso da mamografia no rastreio do cancro da mama, apesar das recomendações de um painel federal americano que defende a redução da frequência com que estes exames são feitos.
 
Teresa Kerry, de 71 anos, declarou à agência Associated Press que o custo de uma mamografia é inferior ao tratamento de quimioterapia que as mulheres com idades entre os 40 e os 60 anos têm de receber, se o cancro for detectado tardiamente.
 
"A quimioterapia é séria, muito dolorosa e custa muito dinheiro. É muito destrutiva para as pessoas. Então porquê submeter as pessoas a isso quando é mais simples fazer um exame e já está? É por isso que estou tão chateada com a decisão desse painel", disse a líder do império do ketchup Heinz, o qual herdou do primeiro marido, Henry John Heinz III.
 
Maria Teresa Thierstein Simões-Ferreira Heinz é filha de pais de origem portuguesa. Nasceu em Lourenço Marques, a capital moçambicana que depois foi rebaptizada como Maputo. Entre as línguas que fala está o português. Vive em Boston e tem três filhos.


publicado por Expressões Lusitanas às 15:14 | link do post | comentar