Sexta-feira, 19 de Março de 2010

Créditos fotográficos: Agência Zero


Várias pessoas e organizações foram premiadas com os troféus “Rock in Rio Atitude Sustentável”, numa cerimónia em que o apelo à sustentabilidade foi várias vezes evocado. O discurso de inauguração esteve a cargo do ex-presidente da República, Jorge Sampaio.


Daniel Pinto Lopes

Ao Expressões Lusitanas, o ex-chefe de estado refere que estes prémios são uma “atitude inteligente” por parte da organização, na medida em que “dão importância acrescida e actual a algumas preocupações que dominam as pessoas”.


Jorge Sampaio detalha ainda que o seu contributo está relacionado com a importância da diversidade cultural, enquanto “pilar essencial” do desenvolvimento sustentável.


A presidente da SIC Esperança, Mercedes Balsemão, parceiro institucional destes prémios, afirma ao Expressões Lusitanas que esta iniciativa é um “reconhecimento” das pessoas que têm esta “preocupação” na vida, no trabalho e na “sua maneira de actuar”, numa vertente económica, social e ambiental.


“São prémios que reconhecem pessoas e áreas onde não existe mais nenhum prémio e, por isso, é uma novidade”, detalha Mercedes Balsemão.


O matemático Nuno Crato, outro dos notáveis que indicou os candidatos a estes prémios, estando associado à categoria de Educação, refere ao Expressões Lusitanas que “é particularmente apropriado” haver um prémio sustentável para esta área.


“A educação é aquilo que se transmite, que fica e que perdura através de gerações. Tem um efeito muito duradouro e completamente sustentável”, destaca.


A expressão “atitude sustentável” e a palavra “sustentabilidade” foram diversas vezes evocadas ao longo da cerimónia. A vice-presidente do Rock in Rio, Roberta Medina, sublinha ao Expressões Lusitanas que são expressões que começam a ter uma “atitude” no dia-a-dia.


“Serve para chamar a atenção de que se alterarmos pequenas coisas no dia-a-dia, tal atitude vai fazer a diferença pelo todo. Este prémio serve para tentar explicar, exemplificar e materializar o que é a sustentabilidade. Não é só plantar árvores ou reciclar. São muitas outras questões na área social, económica e nas restantes áreas do quotidiano”, esclarece Roberta Medina.


A cerimónia contou com a apresentação de Paulino Coelho e Sónia Santos, animadores da Rádio Renascença.


Paulino Coelho destaca ao Expressões Lusitanas que a condução da entrega dos prémios se tratou “acima de tudo” de uma “responsabilidade” e de “incutir o espírito” da sustentabilidade nos outros.


Por seu lado, Sónia Santos encarou esta apresentação como um “desafio”, tendo em conta que na rádio “não há ninguém frente-a-frente”.


Conheça os vencedores:

Categoria: Câmara Municipal
Vencedor: Câmara Municipal de Torres Vedras

Categoria: Comunicação

Vencedor: Lurdes Ferreira, jornalista do Público especialista em política de energia


Categoria: Diversidade Cultural

Vencedor: Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural


Categoria: Educação

Vencedor: Pavilhão do Conhecimento em representação dos centros Ciência Viva


Categoria: Empresa
Vencedor: Derovo, derivados de ovo

Categoria: Funcionário Público
Vencedor: Maria Margarida Cancela D’Abreu

Categoria: Junta de Freguesia

Vencedor: Junta de Freguesia de Fridão, pelo projecto “Fridão, Uma Aldeia Ecológica”


Categoria: Responsabilidade Ambiental
Vencedor: Entrajuda

Categoria: Responsabilidade Social
Vencedor: Helena Presas

Categoria: “EU”
Vencedor: Este é o meu mundo – Carolina Enes

 

Outras notícias Rock in Rio



publicado por Expressões Lusitanas às 20:43 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.