Terça-feira, 24.11.09

                  

 

Cinco anos depois do primeiro disco, Adriana Partimpim está de volta com um disco que não é só para crianças. Adultos podem também ouvir o regresso da cantora gaúcha com o novo "Partimpim Dois". * com DN
 
Quem se habituou a ver Adriana Calcanhotto de violão na mão a cantar "Vambora" pode muito bem ter apanhado um susto ao descobrir que ela também pode ser Partimpim.
 
Adriana Partimpim chega aos seus concertos descendo dos céus envolta em balões, usa máscaras divertidas e toca uma parafernália de instrumentos de brincar. Numa coisa, porém, Calcanhotto e Partimpim são muito parecidas: na qualidade do seu trabalho musical. Mesmo quando veste a sua roupagem infantil, Adriana não facilita.
 
O alter-ego da cantora gaúcha surgiu pela primeira vez em 2004 no disco Adriana Partimpim que teve inesperado sucesso. A sua versão para "Fico Assim Sem Você", de Claudinho e Buchecha, tornou--se um sucesso, quer entre as crianças, quer entre parezinhos apaixonados. Desde então, a cantora foi coleccionando temas que Partimpim gostaria de interpretar.
 
"Só consigo começar a trabalhar de facto quando algumas das canções se agrupam e acontece um clique, revela-se um disco", contou ao jornal "Folha de São Paulo". O clique aconteceu em Maio. Olhando para as mais de cem músicas que tinha na sua lista, Adriana percebeu que 11 delas poderiam, juntas, formar o novo disco de Partimpim que se chama assim, simplesmente, "Partimpim Dois".
 
Na capa, Adriana aparece fazendo o número dois com os dedos - "o gesto que as crianças fazem para dizer a idade quando têm dois anos significa também paz e amor", lembra a cantora.
 
ÁUDIO: Excerto do 'single' "Gatinha Manhosa"
 
 

Cortesia: Sony BMG



publicado por Expressões Lusitanas às 20:57 | link do post | comentar