Segunda-feira, 13.12.10

 

“É um disco de fado”. A frase define a forma como Camané vê o seu sexto álbum de estúdio intitulado “Do Amor e dos Dias”. Os arranjos, produção e direcção musical estiveram a cargo de José Mário Branco. No processo de escrita de alguns dos versos contribuíram Sérgio Godinho, Manuela de Freitas e Fausto.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Para a criação deste disco, Camané inspirou-se nas suas “primeiras memórias” do fado constituídas pelas letras de Alfredo Marceneiro, “que falavam de raiva, do amor e do ódio”, mas “de uma forma irónica”. “Falei sobre esses fados à Manuela de Freitas e ela escreveu o primeiro tema [‘A Guerra das Rosas’]”, explica Camané ao Expressões Lusitanas.

 

Esta foi a primeira fase de construção “Do Amor e dos Dias”, álbum que contém “pequenas crónicas” de amor, ódio e de raiva. A criação total do novo trabalho levou cerca de dois meses.

 

Trata-se de um disco “de fado” e “menos introspectivo” em relação ao trabalho anterior “Sempre de Mim”, editado pelo fadista em 2008. “Aqui estou sempre a cantar para alguém e dirijo-me a uma figura”, refere.

 

Ao todo, o novo disco de Camané inclui 18 fados, dos quais três são apontamentos. Cada um dos temas “faz sentido” no todo e, desta forma, a “história fica bem contada”. “Não ficou nenhum fado de fora”, assevera.

 

A produção, arranjos e direcção musical estiveram a cargo de José Mário Branco, uma parceria já antiga e “para continuar”. “É a pessoa que melhor entende o meu trabalho e a minha forma de estar no fado. Este disco contém arranjos incríveis e muita informação musical, algo difícil de transportar para o concerto ao vivo”, detalha Camané.

 

Alguns dos versos “Do Amor e dos Dias” foram escritos por Sérgio Godinho e Fausto, dois compositores que Camané considera serem “os melhores” a escrever sobre o amor.

 

Quem descobre o novo trabalho discográfico do fadista pela primeira vez, Camané dá alguns conselhos. “É um disco para se ouvir, assimilar, desfrutar e descobrir”, afirma.



publicado por Expressões Lusitanas às 13:04 | link do post | comentar

Quinta-feira, 07.10.10

 

Camané sobe hoje ao palco do Grande Auditório do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, no âmbito da apresentação do seu novo disco. “Do Amor e dos Dias” está no primeiro lugar da tabela nacional de vendas, refere a editora do fadista em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

O arranque da digressão de apresentação do novo álbum teve lugar no passado 01 de Outubro no Teatro Aveirense, em Aveiro. Depois de hoje, em Lisboa, seguem-se outras localidades portuguesas, como Vila do Conde (09 de Outubro), Caldas da Rainha (30 de Outubro), Vila Real (06 de Novembro) e Coimbra (11 de Novembro).

 

“Do Amor e dos Dias” é o sexto trabalho discográfico de Camané e inclui 18 temas. Tal como nos discos anteriores, contou com a produção, arranjos e direcção musical de José Mário Branco.

 

O instrumental ficou a cargo de José Manuel Neto (guitarra portuguesa), Carlos Manuel Proença (viola) e Carlos Bica (contrabaixo).

 

O Expressões Lusitanas tentou entrar em contacto com Camané, mas, até à hora de publicação deste artigo, não foi obtida qualquer resposta.



publicado por Expressões Lusitanas às 17:18 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.08.10

 

O novo trabalho discográfico de Camané chama-se “Do Amor e dos Dias” e vai ser apresentado no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, a 07 de Outubro. O tema de avanço intitula-se “A Guerra das Rosas”.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

O lançamento oficial de “Do Amor e dos Dias” está agendado para o dia 28 de Setembro. Trata-se do disco sucessor de “Sempre de Mim”, álbum que contou com os arranjos, produção e direcção musical de José Mário Branco.

 

Os bilhetes para o concerto de apresentação do novo registo já estão em venda.



publicado por Expressões Lusitanas às 13:43 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.07.10

 

O novo álbum de Camané, que vai ser lançado a 27 de Setembro, chamar-se-á “Do Amor E Dos Dias”. A apresentação ao vivo vai decorrer no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, no dia 07 de Outubro.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

O sexto disco de Camané é composto por 18 temas e conta com a produção de José Mário Branco, responsável também pelos arranjos e direcção musical.

 

Como habitualmente, Camané é acompanhado por José Manuel Neto (guitarra portuguesa), Carlos Manuel Proença (viola) e Carlos Bica (contrabaixo).

 

O novo trabalho discográfico terá quatro diferentes edições, como a "Edição Especial Limitada" (CD/DVD com gravação vídeo ao vivo de temas do novo álbum),“Edição Standard" em CD, “Edição Vinil” (duplo vinil/CD) e ainda "Edição Digital".



publicado por Expressões Lusitanas às 20:11 | link do post | comentar