Terça-feira, 12.01.10

 

O grupo bracarense Mão Morta está a gravar o novo álbum de originais em estúdios do Porto e de Braga, com lançamento marcado para Abril de 2010, ano em que celebram 25 anos de existência.
 
Daniel Pinto Lopes
 
O novo disco dos Mão Morta, que sucede a “Nus” (2004), vai ser lançado para o mercado sob a chancela da nova editora com a qual o grupo assinou – a multinacional Universal Music Portugal. A apresentação oficial vai ocorrer no final de Abril num concerto no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.
 
Recorde-se que os Mão Morta são autores dos álbuns “Mão Morta”, “Corações Felpudos”, “Mutantes S.21”, “Muller no Hotel Hessischer Hof” ou “Primavera de Destroços” e galardoados com alguns dos principais prémios da crítica musical.
 
A banda originária de Braga é constituída por Adolfo Luxúria Canibal, Miguel Pedro, António Rafael, Sapo, Vasco Vaz e Joana Longobardi.


publicado por Expressões Lusitanas às 13:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 20.10.09

                               

 

Mónica Sintra vai celebrar os 15 anos de carreira com um concerto no Teatro Tivoli, em Lisboa, no próximo dia 7 de Novembro.
 
Neste concerto, a cantora vai repassar os temas que lhe deram êxito e longevidade no mundo da música, não esquecendo as canções dos recentes discos lançados, como “Acredita”, de 2008.
 
Ao longo dos anos e dos vários discos lançados tem-se assistido a uma mudança de estilo de cantar, de sonoridade e de compor as músicas, evidenciando, desta forma, a maturidade da cantora que nasceu em Lisboa, no 10 de Junho de 1978.


publicado por Expressões Lusitanas às 10:02 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.10.09

 

Foi com entusiasmo e sem tristeza que os Delfins se despediram oficialmente de Lisboa com um concerto no Coliseu dos Recreios esgotado há cerca de um mês. Vinte cinco anos depois do lançamento do primeiro single, «Letras», a banda de Cascais disse adeus ao som dos 25 maiores êxitos que marcaram a sua carreira.

 

Leia o artigo na íntegra na página do IOL Música. Clique aqui.

 

Fonte da imagem: IOL Música



publicado por Expressões Lusitanas às 00:00 | link do post | comentar

Sábado, 09.05.09

                             

 

 

O ex-vocalista do projecto Ala dos Namorados, Nuno Guerreiro, foi vítima de violência doméstica.
 
O músico diz ao jornal 24 Horas de sexta-feira que foi espancado pelo "amor da sua vida" e que ficou com muitas "marcas físicas na cara".
 
Tudo se passou há menos de um ano. O cantor esteve internado durante quatro dias no hospital, mas diz ter evitado que a situação fosse divulgada na imprensa recorrendo à utilização de maquilhagem para disfarçar as marcas.
 
Só os amigos mais chegados de Guerreiro souberam do sucedido.
 
A relação terminou e apesar de continuar a falar com a pessoa que o violentou, o cantor garante que a relação a que se dedicou a "200 por cento" não poderá nunca ser reatada, porque "nunca na vida se perdoa uma coisa destas".
 
"Isto mudou muito a minha maneira de ser e de estar na vida. Eu podia ter acabado naquele dia, podia já não existir, por isso agora quero é descobrir coisas novas e saborear o bom da vida", disse ainda, antes de apresentar os novos projectos.
 
Nuno Guerreiro vai enveredar por uma carreira individual, depois de ter terminado o projecto Ala dos Namorados. O fim da banda aconteceu, em parte, por causa da situação de violência doméstica: "Houve muitas pessoas que eu achava que estavam do meu lado e, quando isto me aconteceu, foi como se me tivessem dado um pontapé. Incluíndo colegas da Ala", acusa Guerreiro.
 
O nome artístico que o músico vai adoptar é Warrior. "Sou um guerreiro a lutar contra tudo e contra todos", diz.
 
O novo álbum será editado em parceria com o DJ Phil Kay já no próximo mês e marca uma passagem da música pop para uma sonoridade mais house: "Agora estou numa fase em que me apetece arrancar a camisa, rasgar-me todo".
 
"Para já, isto é apenas um apontamento da minha vida", diz, referindo-se ao novo projecto. "Em Agosto, espero já estar a gravar um disco a solo, mais dentro do meu género musical", conclui.
 
Fonte: Blitz e 24 Horas
Fonte da imagem: Blitz


publicado por Expressões Lusitanas às 23:04 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.04.09

                                

 

 

Cortesia: YouTube
 

"Xutos & Pontapés" é o novo álbum da mítica banda rock portuguesa, lançado hoje. Um disco composto por 13 faixas, um número talismã para a banda.

 
O disco, que surge cinco anos depois de "O Mundo ao Contrário", tem o mesmo nome do grupo e marca os 30 anos de carreira da banda.
 
Ao single de apresentação "Quem é Quem" (vídeo no topo) juntam-se temas, como "Tetris Anonimus", "O Santo e a Senha", "Perfeito Vazio", "Classe 79" e a faixa de abertura "Estado de Dúvida", entre outros, escreve o portal de internet IOL.
 
As celebrações dos 30 de carreira começaram a 13 de Janeiro com uma festa no Pavilhão de Portugal, em Lisboa, e prolongam-se até ao final do Verão com uma série de concertos, incluindo uma actuação no Estádio do Restelo, Lisboa, a 26 de Setembro, conta a RTP.
 
Dê uma olhadela pelo alinhamento do novo álbum «Xutos & Pontapés»:
 
1. Estado de Dúvida
2. Tetris Anónimus
3. Quem é Quem
4. O Santo e a Senha
5. Perfeito Vazio
6. Sangue da Cidade
7. O Falcão
8. Sensação
9. Amor Com Paixão
10. Sem Eira Nem Beira
11. Classe 79
12. Pó das Estrelas
13. Superjacto
 
Em entrevista ao jornal gratuito "Meia Hora" (31/03/2009), Zé Pedro, guitarrista e fundador da banda, explicou o porquê de o grupo atribuir o nome "Xutos & Pontapés" a este novo disco.
 
"Foi o nome que surgiu e todos gostámos. Habitualmente, as bandas lançam com o seu nome o primeiro disco. Connosco não foi assim", afirmou.
 
Passados 30 anos de carreira, Zé Pedro admite que é mais fácil fazer música, porque a banda esteve em convergência e tem "mais sabedoria", estando, "de alguma maneira, mais maduros a tocar os nossos instrumentos e na relação entre nós", lê-se na entrevista ao gratuito.
 
O novo disco está hoje disponível nas lojas, com o carimbo da editora discográfica Universal Music.

 


publicado por Expressões Lusitanas às 06:25 | link do post | comentar

Quarta-feira, 01.04.09

                                

 

Os Xutos & Pontapés vão ter de cancelar dois concertos, devido à lesão no pé esquerdo do baterista da banda, Kalú, após a gravação de um anúncio para a operadora de telecomunicações Optimus, no último domingo.

 

"O incidente, que ocorreu depois de terminadas as gravações no Rossio, já depois das 20h00, obrigou os Xutos a cancelarem dois concertos acústicos": dia 4 de Abril no Barreiro e dia 9 em Ílhavo, escreve o matutino.

 

Apesar desta lesão, as gravações do anúncio para a Optimus decorreram com normalidade e foram concluídas com sucesso.

 

Os Xutos & Pontapés comemoram 30 anos de carreira e vão lançar na segunda-feira o novo álbum, cujo título é, precisamente, o nome do grupo.

 

Fonte da imagem: Xutos & Pontapés (página oficial)



publicado por Expressões Lusitanas às 22:45 | link do post | comentar