Quarta-feira, 10.02.10

 

O secretário de Estado das Comunidades, António Braga, garantiu que o Ensino do Português no Estrangeiro (EPE) enquanto língua materna vai continuar e que a rede vai ser aumentada.

 

Com Público

 

António Braga reafirmou que o objectivo do Governo é alargar a rede do ensino no estrangeiro ao Canadá e Estados Unidos e, por essa via, "chegar melhor" aos emigrantes portugueses.

 

O secretário de Estado falava na sequência da ida, na terça feira, da presidente do Instituto Camões (IC), Ana Paula Laborinho, à Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas para esclarecer o alegado fim do ensino do português no estrangeiro enquanto língua materna em alguns países.

 

Na Assembleia da República, Ana Paula Laborinho assegurou que a estratégia do ensino do português no estrangeiro passa pela expansão e qualificação dos cursos existentes e não pela sua descontinuidade.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 13:47 | link do post | comentar