Quinta-feira, 10.06.10

 

O presidente da República (PR) condecorou no Teatro Municipal de Faro 35 personalidades de vários quadrantes da sociedade portuguesa e duas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), no âmbito das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, hoje celebrado.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

Cavaco Silva condecorou 35 personalidades dos vários quadrantes da vida portuguesa, entre professores, médicos, autarcas, radialistas, ex-deputados e ex-ministros do primeiro governo do primeiro-ministro José Sócrates, como Nunes Correia (ex-ministro do Ambiente) e Isabel Pires de Lima (ex-ministra da Cultura).

 

Outras das personalidades condecoradas pelo presidente da República foram a actriz Eunice Muñoz, o alpinista João Garcia, os radialistas Fernando Alves (TSF) e António Sala (RR), o banqueiro João Salgueiro, a escritora Maria Alberta Meneres, o guitarrista José Fontes Rocha, entre outros.

 

O nadador salvador Celestino Ferreira Monteiro, que conseguiu salvar uma vida após a derrocada de uma arriba na praia Maria Luísa (Albufeira) em Agosto do ano passado, foi igualmente condecorado por Cavaco Silva.

 

Ainda entre as personalidades condecoradas destacam-se duas realizadas a título póstumo para a actriz, escritora e compositora Rosa Lobato Faria (Ordem do Infante D. Henrique) e para o fiscalista Saldanha Sanches (Ordem da Liberdade).

 

A Fenacerci e a Fundação Irene Rolo (Tavaria) foram as duas IPSS agraciadas com os títulos de membro honorário da Ordem do Mérito.

 

A sessão solene de condecorações, que assinala a celebração do 10 de Junho, teve lugar este ano no Teatro Municipal de Faro, no Algarve.

 

À cerimónia seguiu-se um almoço com todas as individualidades na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, oferecido pela câmara municipal de Faro.



publicado por Expressões Lusitanas às 15:41 | link do post | comentar

 

O Presidente da República vai condecorar no Dia de Portugal mais de três dezenas de personalidades e instituições, entre as quais os ex-ministros Isabel Pires de Lima e Nunes Correia, o alpinista João Garcia e o banqueiro João Salgueiro.

 

Expressões Lusitanas

Agências

 

A actriz Eunice Muñoz será também distinguida por Cavaco Silva, assim como o escritor e ex-eurodeputado social democrata Vasco Graça Moura, o comunicador António Sala, o jornalista Fernando Alves, a escritora Maria Alberta Meneres, o guitarrista José Fontes Rocha, o nadador salvador Celestino Ferreira Monteiro e o musicólogo Mário dos Santos Moreau.


O antigo secretário geral do Gabinete Coordenador de Segurança, o tenente general Leonel Silva Carvalho, será distinguido com a Grã Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.


Cavaco Silva atribuirá ao ex-eurodeputado socialista e vice presidente do Parlamento Europeu Manuel dos Santos o título de grande oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

O Presidente da República vai distinguir como grande oficial da Ordem do Infante D. Henrique o professor catedrático Adriano Gomes Pimpão, a cientista, investigadora e professora universitária Elvira Fortunato e o geógrafo e professor catedrático Jorge Barbosa Gaspar.

O presidente da Câmara de Vila Nova de Poiares, Jaime Marta Soares (PSD), e o presidente da Câmara de Castelo Branco, Joaquim Lopes Dias (PS), são distinguidos com a Ordem do Mérito, assim como o antigo deputado social-democrata e governador civil de Faro Joaquim Cabrita Neto.

O médico Castro de Almeida, a alta comissária da Saúde Maria do Céu Machado, o médico e antigo presidente da Comissão Nacional de Luta contra a Sida António Meliço-Silvestre e a enfermeira Maria Cristina Flores Santos serão distinguidos com a Ordem do Mérito.

Cavaco Silva atribuirá o título de comendador da Ordem do Mérito Agrícola, Comercial e Industrial ao empresário agrícola António Silvestre Ferreira, bem como aos empresários Augusto Ferreira Machado e João Dias Pires.


Os títulos de comendador da Ordem da Instrução Pública serão atribuídos ao escritor e professor universitário Carlos Pires Correia e ao professor catedrático João Formosinho.

Cavaco Silva vai atribuir a Grã Cruz da Ordem de Avis ao oficial general do Exército - o tenente general Carlos Manuel Ferreira e Costa -, ao oficial general da Força Aérea e vice chefe do Estado Maior da Força Aérea - o tenente general piloto aviador Luís Filipe Montes Palma de Figueiredo - e ao oficial almirante da Marinha – o vice almirante Rui Cardoso de Telles Palhinha.

O banqueiro e professor universitário João Salgueiro, que foi ministro de Estado, das Finanças e do Plano de Pinto Balsemão no VIII Governo Constitucional, será distinguido com a Grã Cruz da Ordem de Cristo.


O presidente do Conselho Económico e Social Silva Peneda, antigo ministro de Cavaco Silva, receberá a Grã Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.


Ao ex-ministro do Ambiente e professor universitário Nunes Correia, o Presidente da República atribui o título de grande oficial da Ordem do Infante D. Henrique, assim como à ex-ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima.


Cavaco Silva vai atribuir à actriz Eunice Muñoz o título de grande oficial da Ordem de Sant’Iago da Espada.

 

Os títulos de comendador da Ordem do Mérito vão ser entregues ao alpinista João Garcia, ao comunicador António Sala (RR), ao jornalista Fernando Alves (TSF), ao guitarrista José Fontes Rocha, à escritora Maria Alberta Meneres, ao nadador salvador Celestino Ferreira Monteiro e ao musicólogo Mário dos Santos Moreau.


A Fenacerci e a Fundação Irene Rolo (Tavira) serão agraciadas com os títulos de membro honorário da Ordem do Mérito.


O Presidente da República vai ainda condecorar a título póstumo o fiscalista Saldanha Sanches, com a Ordem da Liberdade, e a escritora e compositora Rosa Lobato Faria, com a Ordem do Infante D. Henrique.

 

As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas (10 de Junho), vão ser realizadas pela primeira vez no Algarve.



publicado por Expressões Lusitanas às 02:38 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.06.09

                                          

 

Hoje, 10 de Junho, celebra-se o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

 

Para além de ser feriado nacional, é o dia em que se assinala a morte do poeta e escritor Luís Vaz de Camões, em 1850.

 

Expressões Lusitanas.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 00:00 | link do post | comentar