Segunda-feira, 12.07.10

 

O novo director geral das Artes é João Aidos, substituindo assim Jorge Barreto Xavier, que se demitiu na sexta-feira ao invocar divergências com a ministra da Cultura Gabriela Canavilhas.

 

Expressões Lusitanas


"O Ministério da Cultura está convicto de que, com a nomeação de João Aidos, a Direcção Geral das Artes terá uma nova estratégia que permitirá uma nova atitude e nova abordagem das problemáticas que afectam o sector cultural, quer no contexto circunstancial actual, quer no planeamento a médio e longo prazos", afirma a nota ministerial enviada.

 

João Aidos tem uma "vasta experiência e reputação no meio cultural português, ligado a inúmeros projectos no âmbito da Rede Nacional de Teatros e Cine-Teatros, gestor, programador, produtor e engenheiro projectista com profunda ligação à rede e tecidos culturais em todo o território nacional", de acordo com o mesmo comunicado,

 

A mesma nota sublinha também que o novo director-geral das Artes "coordenou e foi autor de projectos de execução de recuperação/construção" de vários teatros, como o Teatro Aveirense (Aveiro), José Lúcio da Silva (Leiria), Virgínia (Torres Novas), Municipal de Faro, Teatro-Cine de Fafe, Oficina Municipal da Cultura (Coimbra), Cine-Teatro Alba (Albergaria-a-Velha), Teatro Garrett (Póvoa do Varzim), e Espaço Oficina (Guimarães).

 

O novo responsável é licenciado em teatro com uma especialização em estudos teatrais e desempenhava, até hoje, as funções de director artístico do Teatro Virgínia, em Torres Novas.



publicado por Expressões Lusitanas às 19:08 | link do post | comentar