Quinta-feira, 04.03.10

 

O lançamento do quinzenário “LusoJornal” no principado de Andorra foi “adiado”, pelo facto de o governo local querer que a publicação seja imprensa “apenas” em catalão e não em formato bilingue, algo que a direcção do jornal “não aceita”.

 
Daniel Pinto Lopes
 

O LusoJornal é uma publicação gratuita que conta com duas edições em França e na Bélgica dirigida aos portugueses emigrados nestes países e que tinha lançamento previsto de uma terceira edição para Andorra na terça-feira, 02 de Março.

 

O governo do principado de Andorra comunicou aos responsáveis da publicação que o jornal dirigido à comunidade portuguesa só podia ser impresso em língua catalã e, por isso, o lançamento teve de ser adiado.

 

“Nós sabíamos que a lei andorrenha é extremamente rígida em relação à língua, mas a nossa proposta é fazer um jornal bilingue”, explica ao Expressões Lusitanas o director Carlos Pereira.

 

O responsável detalha ainda que na semana passada foi tornada pública uma estatística que revelava que a língua catalã tinha “perdido seis por cento de utilização no próprio principado”, um facto que Carlos Pereira “deduz” poder ter influenciado a decisão por parte das autoridades de Andorra.

 

“Os contactos com o governo foram bons e, inclusive, existe uma revista bilingue em Andorra chamada Voz Lusa”, sublinha.

 

Carlos Pereira diz que “não faz sentido” o jornal ser publicado apenas em língua catalã e que acha “estranho” que “em pleno século XXI” haja um principado que “imponha este tipo de restrições linguísticas”.

 

“O próprio primeiro-ministro de Andorra achou que este seria um projecto interessante”, sustenta.

 

O director do LusoJornal espera que haja uma “compreensão” e uma “reflexão” por parte do governo de Andorra e que a visita oficial do presidente da República, Cavaco Silva, a este principado (entre sexta e domingo) “possa influenciar um pouco” a decisão tomada.

 

Para já não há previsão de quando o jornal possa sair para as bancas, apesar de, garante Carlos Pereira, o mesmo já estar “pronto” para ser impresso.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 11:30 | link do post | comentar