Domingo, 03.01.10

     

 

Cerca de 200 passageiros portugueses estão retidos no aeroporto de Barajas, em Madrid, devido ao cancelamento do voo 7985 da ‘Easyjet’ com  destino Lisboa. A transportadora justifica-se com uma greve nas Canárias. *com SOL
 
De acordo com responsáveis da ‘Easyje’t, citados pelo jornal SOL, o voo Madrid-Lisboa da tarde de domingo foi cancelado devido à greve dos controladores aéreos das Ilhas Canárias, que impediu a descolagem da aeronave em causa, estacionada a esta hora na ilha de Lanzarote.
 
No entanto, as informações contradizem outras declarações de responsáveis da companhia aérea, que apontam a avaria do avião como causa do cancelamento.
 
Cerca de 200 passageiros portugueses foram afectados pelo cancelamento do voo 7985, que tinha partida prevista para as 20h de Madrid (19h em Lisboa).
 
Vários passageiros optaram por alugar viaturas e seguir para Portugal, enquanto outros apanharam comboio para Lisboa. Os restantes terão que pernoitar na capital espanhola e esperar pelo próximo voo disponibilizado pela ‘Easyjet ' às 19h de segunda-feira.
 
Tendo em conta os Direitos Europeus do Passageiro, a operadora terá que indemnizar os afectados por esta situação em 250€, valor correspondente ao cancelamento de um voo de distância inferior a 1500 quilómetros devido a “causa previsível”, como é o caso da anunciada greve. O alojamento dos passageiros também é pago pela transportadora.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 22:04 | link do post | comentar