Quinta-feira, 03.02.11

Google


Lídia Jorge é homenageada pela sua terra natal – Loulé –, no âmbito da celebração dos 30 anos de carreira no mundo literário. Até ao dia 31 de Março decorrem na cidade algarvia várias iniciativas dedicadas à escritora, informa a edilidade em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

“O Dia dos Prodígios. Lídia Jorge. 30 Anos de Escrita Publicada” é o nome da exposição patente no Convento de Santo António, em Loulé, na qual se contacta com uma retrospectiva da carreira da escritora. A sua obra completa estará patente, que reúne mais de quinze livros editados em várias línguas, entre eles romances, antologias de contos e uma peça de teatro. A mostra termina no dia 31 de Março.

 

A 20 de Fevereiro, pelas 16:00, o recém-inaugurado Cineteatro Louletano exibe “A Costa dos Murmúrios” (2004), da autoria de Margarida Cardoso, filme realizado tendo por base o romance de Lídia Jorge.

 

As celebrações dos 30 anos de carreira da escritora retomam no dia 26 de Fevereiro. A Orquestra do Algarve apresenta no Cineteatro Louletano, pelas 21:30, o concerto “30 Anos de Escrita Publicada. Lídia Jorge”.

 

A 11 de Março, Minhoto Marques, António Carlos Cortês e Paulo Serra protagonizam a conferência “A Escrita de Lídia Jorge aos Olhos da Crítica Literária”, com moderação de Petar Petrov. O evento tem lugar no Convento de Santo António, a partir das 18:00.

 

O encerramento das comemorações acontece a 27 de Março (Dia Mundial do Teatro), pelas 21h30. O grupo do Teatro da Trindade sobe ao palco do Cineteatro Louletano para apresentar a peça “O Dia dos Prodígios”, com encenação de Cucha Carvalheiro e direcção musical de Carlos Mendes.

 

O elenco da peça é composto pelos actores Carlos Paulo, Cristina Cavalinhos, Elisa Lisboa, Diogo Morgado, Filomena Cautela, Hugo Franco, Lucinda Loureiro, Luís Lucas, Maria Ana Filipe, Maria Emília Correia, Maria Teresa Faria, Rogério Vieira.



publicado por Expressões Lusitanas às 11:15 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.12.10

Lídia Jorge©Luísa Ferreira

Créditos fotográficos: Luísa Ferreira


A escritora Lídia Jorge recebe quarta-feira, 15 de Dezembro, o Doutoramento Honoris Causa da Universidade do Algarve, numa cerimónia que terá lugar às 16:300 no Grande Auditório do recinto universitário de Gambelas, em Faro.

 

Expressões Lusitanas


O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, e a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, vão estar presentes na sessão.

 

Lídia Jorge já terminou de escrever o seu novo romance, que será publicado em Março do próximo ano pela editora Dom Quixote.

 

A escritora nasceu em Boliqueime, Algarve, em 1946. Licenciada em Filologia Românica pela Universidade de Lisboa, foi professora do ensino secundário. O primeiro romance publicado intitula-se “O Dia dos Prodígios” (1980).

 

Os romances de Lídia Jorge estão traduzidos em várias línguas. Pelo conjunto da sua obra, foi vencedora, em 2006, do Prémio da Fundação Günter Grass, na Alemanha, Albatros e do Grande Prémio Sociedade Portuguesa de Autores - Millennium BCP.



publicado por Expressões Lusitanas às 17:20 | link do post | comentar