Quarta-feira, 27.10.10

Pedro Ayres Magalhães é dos mentores dos Madredeus


Os Madredeus despedem-se com um “até sempre”. “Castelos na Areia” é o terceiro e último disco dos Madredeus & A Banda Cósmica desde a sua reformação em 2008, informa o colectivo em comunicado. O disco foi editado esta segunda-feira, 25 de Outubro.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A extinção da Banda Cósmica teve lugar em Dezembro do ano passado devido à “falta de meios” para contratar um grupo “tão numeroso de artistas”, uma vez que “os concertos não abundam, a rádio e televisão pouco arriscam na divulgação deste tipo de música”. Para além disso, e no mesmo comunicado, referem que a venda de discos é “completamente irrisória”.

 

“Castelos na Areia” junta-se aos já editados “Metafonia” e “Nova Aurora”, completando a trilogia dos Madredeus com a Banda Cósmica, desde 2008, e já sem a vocalista Teresa Salgueiro e os músicos Fernando Júdice e José Peixoto.

 

Durante estes dois anos, a banda realizou 21 concertos em Portugal, três na Polónia, dois em Espanha e um no Brasil. Despedem-se agora com “Castelos na Areia”, um álbum de originais gravado no último trimestre de 2009 e só agora lançado oficialmente.

 

Composto por 11 temas, entre baladas, ‘grooves’, "dramas" e "desafios", o último disco foi “pensado” e “destinado “a ser divulgado por uma “rádio progressista”, pode ler-se no comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

Os Madredeus despedem-se assim da cena musical nacional com um “até sempre”.



publicado por Expressões Lusitanas às 19:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.09.10

 

O violoncelista Francisco Ribeiro, um dos fundadores dos Madredeus, faleceu ontem, terça-feira, vítima de um cancro no fígado. O funeral realiza-se na quinta-feira no cemitério dos Olivais.


Expressões Lusitanas


De acordo com a edição ‘online’ do jornal Público, Francisco Ribeiro morreu durante o dia de ontem, depois de lhe ter sido diagnosticado um cancro no fígado.

 

O violoncelista foi membro da formação original dos Madredeus e esteve no grupo até 2007, ano em que deixou a banda, depois de uma década de discos e digressões.

 

No ano passado, editou o seu único álbum a solo intitulado “Desiderata, A Junção do Bem”.

 

O corpo de Francisco Ribeiro estará hoje em câmara ardente na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, na Avenida de Berna, em Lisboa. O funeral realizar-se-á na quinta-feira no cemitério dos Olivais, na capital portuguesa.



publicado por Expressões Lusitanas às 00:59 | link do post | comentar

Quarta-feira, 14.10.09

                             

 

O regresso dos Madredeus & A Banda Cósmica aos palcos internacionais está marcado pela mini tournée de três datas em palcos polacos, refere a editora Farol Música.
 
O grupo continua a apresentar além fronteiras o disco “A Nova Aurora” editado em Agosto deste ano, bem como o anterior (“Metafonia”), responsável por dar a conhecer A Banda Cósmica.
 
De acordo com a editora discográfica, esta digressão pela Polónia decorre por estes dias. Depois da presença de ontem em Poznan, hoje segue-se a capital Varsóvia e é em Wroclaw, mais concretamente na Igreja de Maria Magdalena, que, no dia de amanhã, termina esta curta digressão internacional do grupo português.
 
A nível nacional, está em curso um ciclo de concertos de norte a sul do país pelas várias salas nacionais. O próximo concerto é sábado no Fórum Cultural do Seixal. Seguem-se depois Caldas da Rainha (30 de Outubro), Cadaval (6 de Novembro), Abrantes (28 de Novembro), Figueira da Foz (4 de Dezembro), Torres Novas (5 de Dezembro) e Leiria (10 de Dezembro).

 

Daniel Pinto Lopes (Expressões Lusitanas)



publicado por Expressões Lusitanas às 10:25 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.03.09

 

                                

 

 
Neste sábado, 28 de Março, os Madredeus são esperados em Lorca (Múrcia), no Recinto Ferial de Santa Quitéria, pelas 21:00.
 
Dois dias depois, 30 de Março, vão estar no Teatro Hagen-Daaz Calderón, em Madrid, um espectáculo com início previsto para as 20:30.
 
Entretanto, os Madredeus pretendem editar um DVD produzido pelo grupo, com o filme do concerto de três horas realizado no dia 15 de Novembro de 2008 no Teatro Ibérico de Lisboa.
 
Os Madredeus surgem agora sem Teresa Salgueiro, substituída pelas novas vozes de Mariana Abrunheiro e Rita Damásio.
 
A banda continua a contar com as letras e contribuições de Pedro Ayres Magalhães e Carlos Maria Trindade, os únicos "sobreviventes" após a saída de Teresa Salgueiro e dos músicos Fernando Júdice e José Peixoto.
 
O próximo concerto dos Madredeus em Portugal é no dia 10 de Abril no Cine-Teatro Municipal João Mota, em Sesimbra.


publicado por Expressões Lusitanas às 01:13 | link do post | comentar