Segunda-feira, 04.10.10

 

O Coliseu dos Recreios, em Lisboa, acolheu o primeiro festival organizado pela editora Espacial. Cerca de três mil pessoas assistiram a quase três horas de música interpretada por Ana Malhoa, Lucas & Matheus, Toy, Santamaria, Marco Paulo, entre outros.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A apresentação do primeiro festival da editora Espacial esteve a cargo de Carlos Ribeiro, actualmente “desempregado”, como o próprio se intitulava no decorrer do espectáculo.

 

“A rádio onde trabalhava [Romântica FM] morreu e agora estou no desemprego”, refere o anfitrião.

 

No meio das cerca de três mil pessoas presentes no Coliseu estavam duas personalidades bem conhecidas do público. Trocando o palco e as luzes da ribalta por um camarote, Tony Carreira e a mulher assistiram às quase três horas de espectáculo de música popular e ligeira portuguesa. Por seu lado, Lili Caneças optou pela plateia, sentando-se lado a lado com pessoas anónimas.

 

O rol de actuações começou à hora certa – 22:00 – com a Orquestra Chave D’Ouro. Cada grupo ou artista interpretava apenas dois temas, à excepção de Índia Malhoa, filha de Ana Malhoa, que estreou no Coliseu uma das suas músicas, juntamente com o produtor Jorge do Carmo.

 

A seguir ao colectivo de Alcácer do Sal, a dupla Ricardo & Henrique subiu ao palco. Mais tarde foi a vez de Ana Malhoa, seguida da filha Índia e, posteriormente, Pedro Miguel, Augusto Canário e amigos, Lucas & Matheus e a brasileira Adriana Lua.

 

Já passavam das 23:00 quando Toy subiu ao palco. Suzana e Leandro seguiram-se e antecederam as presenças dos Santamaria e Marco Paulo.

 

Com 40 anos de carreira, o músico natural de Mourão, no Alentejo, recebeu os aplausos da noite. Vários fãs deslocaram-se até perto do palco para entregar flores e lembranças. Houve quem pretendesse que Marco Paulo autografasse alguns dos seus discos durante a actuação.

 

No final, os 13 artistas e grupos convidados juntaram-se no palco para cantar o tema “Mãe Querida”, da autoria de Ricardo Landum, que esteve presente na despedida do primeiro festival da Espacial.

 

FOTOS:

 

Ana Malhoa

 

Índia Malhoa

 

Toy

 

Suzana

 

Santamaria

 

Marco Paulo

 

Fotos: Expressões Lusitanas



publicado por Expressões Lusitanas às 14:59 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.09.09

                                

 

 

A festa em honra da Nossa Senhora das Dores realiza-se entre 10 e 13 de Setembro, na Zona Poente de Monte Gordo, concelho de Vila Real de Santo António, e vai contar com animação musical de artistas, como os Santos e Pecadores e Marco Paulo.
 
As comemorações começam já na quinta-feira, dia 10, às 22:00, com um concerto dos Banda Lusa.
 
No dia seguinte, às 21:00, tem lugar o Festival de Folclore e mais tarde, às 22:30, actua o Duo Reflexo.
 
No sábado, dia 12, às 22:00, sobem ao palco os Santos e Pecadores. O grupo começou em 1987 numa garagem, em Cascais, e os elementos da banda são Olavo Bilac (voz), Pedro Cunha (bateria), Pascoal Simões (teclas), Artur Santos (baixo) e Rui Martins (metais). O primeiro álbum da banda chama-se ‘Onde Estás?’ e foi editado em 1995.
 
No último dia, domingo, às 10:30, celebra-se a Eucaristia Solene na Igreja de Nossa Senhora das Dores.
 
À noite, pelas 22:00, tem lugar o espectáculo musical de Marco Paulo. O seu primeiro trabalho, lançado em 1966, foi um ‘EP’ onde constavam os temas ‘Não Sei’, ‘Estive Enamorado’, ‘O Mal às Vezes é um Bem’ e ainda ‘Vê’. Marco Paulo tem um novo disco, editado no início deste ano, intitulado ‘De corpo e alma’.
 
As festividades terminam às 00:00, com um espectáculo de fogo-de-artifício.

 

Cortesia: Correio da Manhã (com retoques)



publicado por Expressões Lusitanas às 13:44 | link do post | comentar