Quarta-feira, 09.06.10

 

A delegação da RTP N no Porto vê inaugurado um estúdio virtual com 110 metros quadrados no Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia, num investimento de cerca de um milhão de euros. Ao completar seis anos de existência, o canal informativo do grupo RTP apresenta uma nova imagem gráfica.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

A RTP apostou e investiu no Norte. O canal público inaugurou um estúdio virtual que permite apresentar vários cenários, consoante o programa a ser transmitido.

 

“Após seis anos a funcionar com todos os seus jornais e alguns debates no mesmo cenário real, a RTPN pode agora diversificar cada espaço informativo com a facilidade e a distância de um simples clique”, explica a estação púbica de televisão em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

O investimento total nesta nova infra-estrutura no Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia, ronda um milhão de euros.

 

No novo estúdio vão passar a ser realizados vários programas da RTP 1 e da RTP N, como o “Jornal da Tarde”, o “Bom Dia Portugal” ao fim-de-semana, todas as manhãs informativas da RTP N, bem como as tardes ou as noites do canal, conforme a semana em que a emissão esteja a ser realizada no Porto ou em Lisboa.

 

Várias rubricas do canal informativo vão passar a ter o seu cenário virtual no mesmo espaço. São exemplos disso os programas “Pontos de Vista”, “Trio de Ataque”, “Pontapé de Saída” e “Zona Mista”.

 

Paralelamente à inauguração do novo estúdio, a RTP N opera uma mudança gráfica com uma “nova dinâmica de grelha”.

 

“A mudança gráfica traduz-se numa nova imagem do canal, feita numa lógica diferente da anterior, baseada agora na adopção do mosaico como base para a construção das promoções e outros conteúdos de continuidade”, descreve a RTP no mesmo comunicado.

 

Trata-se assim de uma imagem gráfica “mais forte” e “marcante”, criando uma “nova dinâmica de grelha” que passa a ter uma “política de intervalos diferente”.

 

“Estes espaços deixam de ser apenas de publicidade para terem também um conteúdo preciso. Mais meteorologia, mais indicações horárias, mais promoções a programas, alguns ‘clips’ sobre grandes acontecimentos históricos são exemplos de conteúdos que passam a preencher os curtos intervalos”, refere a RTP.



publicado por Expressões Lusitanas às 19:04 | link do post | comentar