Sábado, 05.02.11

 

 

O músico portuense é o artista convidado do espectáculo “Ar de Rock”, o mesmo título do primeiro álbum de Rui Veloso e que “inspira” este projecto. A receita resultante da venda dos bilhetes reverte para o funcionamento de dois novos lares da Associação Novo Futuro, refere a promotora do concerto em comunicado enviado ao Expressões Lusitanas.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

O espectáculo, a ter lugar no dia 25 de Fevereiro no Campo Pequeno (Lisboa), vai contar com a presença de Fernando Cunha, Emanuel Ramalho (Rádio Macau, Delfins, João Pedro Pais), Miguel Magic (Pólo Norte), João Gomes (LX 90, Kick Out The Jams, Ovelha Negra), Emanuel Andrade (Pólo Norte, Sérgio Godinho) e Luís Arantes (João Pedro Pais, Índigo), refere a promotora na nota enviada.

 

As vozes estão a cargo de Fernando Cunha, Paulo Costa (Ritual Tejo),  Diogo Campos (Legal Evidence), Maria Léon (Ravel) e Lara Afonso.

 

Para além de Rui Veloso, outros convidados vão subir ao palco do Campo Pequeno, como Tim, Olavo Bilac, Miguel Gameiro, Flak e Rui Pregal da Cunha (vocalista dos Heróis do Mar).

 

Juntos vão interpretar os “grandes temas” da música portuguesa. ‘Chico Fininho’, ‘Não Sou o Único’, ‘Um Lugar Ao Sol’, ‘Canção do Engate’, ‘Sete Mares’, ‘Chiclete’, ‘Nasce Selvagem’, ‘Paixão’ e ’40 Graus à Sombra’ fazem parte da lista de canções.

 

Fundada em Portugal, em 1996, a Associação Novo Futuro tem como missão “apoiar crianças e jovens”, “dando preferência a grupos de irmãos – sem distinção de idade, sexo, raça ou religião – e que estejam privados de um ambiente familiar adequado”, pode ler-se na nota enviada ao Expressões Lusitanas.

 

O concerto solidário realiza-se a 25 de Fevereiro no Campo Pequeno, em Lisboa. O preço dos bilhetes varia entre os 15 e os 35 euros e as receitas irão permitir “custear a manutenção” de dois novos lares de acolhimento para crianças e jovens em situação de risco e abandono.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 15:36 | link do post | comentar

Quarta-feira, 12.01.11

Rui Veloso é um dos padrinhos do projecto


A RTP anunciou esta terça-feira a criação de um novo projecto dirigido ao universo musical de língua portuguesa. Com data de estreia marcada para 07 de Março, o novo canal vai ser financiado por receitas próprias, nomeadamente pela publicidade e distribuição.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista

 

O RTP Música poderá ser visto no cabo e na Internet e está vocacionado para os espectadores de uma faixa etária entre os 10 e os 34 anos.

 

Focado na música produzida no mundo lusófono, o RTP Música vai “deixar de fora” o ‘jazz’ e a música clássica, pelo facto de o novo canal não estar “formatado” para tal, refere o director do projecto ao Expressões Lusitanas, à margem de apresentação dos novos projectos da RTP para 2011, que teve esta terça-feira lugar no Palácio Foz, em Lisboa.

 

Os critérios na escolha dos artistas assentam na “qualidade” e no “talento”. “À partida não excluímos nada, mas tal pode acontecer”, afirma ainda Jaime Fernandes.

 

A nova aposta do grupo RTP pretende também estimular o aparecimento de novos grupos e autores, dinamizar a produção de ‘videoclips’ e promover a divulgação de acontecimentos musicais (concertos, festivais, entre outros).

 

O novo canal não está abrangido pelo contrato de concessão do serviço público e, portanto, terá de se auto-financiar e obter receitas próprias, “através da publicidade e da distribuição”.

 

Rui Veloso é um dos padrinhos do projecto e, em declarações ao Expressões Lusitanas, diz tratar-se da “melhor oportunidade” para a música portuguesa nos “últimos 15 anos”.

 

“É uma boa ideia e vamos ver como se substancia. Infelizmente, estou habituado a ver em Portugal muito boas ideias a aparecer e logo depois a desaparecer”, aponta.

 

Rui Veloso acrescenta ainda que esta iniciativa se devia expandir ao meio rádio, algo que assevera ter já proposto aos responsáveis da RTP.

 

Respondendo ao repto de Rui Veloso, o administrador do grupo público, Guilherme Costa, afirma ao Expressões Lusitanas que qualquer iniciativa “inovadora” e “bem sucedida” tem “inevitavelmente” efeitos sobre os canais e antenas generalistas já instaladas. Por outro lado, mostra-se mais cauteloso, ao referir que não se deve “antecipar” ou “replicar” iguais modelos.

 

A estreia do canal está agendada para 07 de Março, dia em que se comemora o 54º aniversário da RTP. “De olho na música portuguesa” é o lema da nova estação de televisão.

 



publicado por Expressões Lusitanas às 19:51 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.09.10

 

A Quinta da Atalaia vai agora recuperar de três dias de Festa. No dia do desenlace do Avante 2010, a presença da componente cultural esteve aliada ao comício político do secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa.

 

Daniel Pinto Lopes

Jornalista/Enviado especial ao Avante

 

Tal como no sábado, as portas do último dia do Avante abriram às 10:00. O Palco 25 de Abril foi o primeiro a receber as várias bandas convidadas. Aos Dias de Raiva, grupo onde está presente o vocalista dos Da Weasel (Pac Man), seguiram-se La Rumbé, Expensive Soul e Luísa Basto.

 

Às 18:00, todas as atenções concentraram-se nos discursos políticos do director do órgão central do PCP, José Casanova, do membro do Secretariado e da Comissão Política da JCP, Diogo D’Ávila, e do secretário-geral do partido, Jerónimo de Sousa.

 

 

A cerimónia política durou quase hora e meia, facto que atrasou a restante programação e alongou a hora estipulada para o encerramento da 34ª edição do Avante.

 

Os lisboetas Dazkarieh reinauguram o espaço dedicado aos concertos no palco 25 de Abril e “louvaram” o facto de o cartaz do Avante “ter muitos artistas em português”.

 

 

Logo a seguir, os Peste & Sida, com uma carreira iniciada em 1986, foram os senhores que se seguiram. No decorrer do concerto os ânimos exaltaram-se e um “very light” foi atirado para a frente de palco e cerca de uma dezena de visitantes mais eufóricos foram literalmente atirados para a chamada zona restrita.

 

O Expressões Lusitanas sabe ainda que o grupo de apoio do festival teve de intervir, a fim de sanar uma briga instalada nas imediações do Palco 25 de Abril.

 

Apesar destes incidentes, o espectáculo prosseguiu e foi possível escutar alguns dos temas marcantes da banda constituída por João San Payo (baixo e voz), João Pedro Almendra (voz), João Alves (guitarra e voz) e Sandro Oliveira (bateria e voz).

 

 

A fechar o pano, Tim apresentou no Palco 25 de Abril os seus quatro Companheiros de Aventura: Celeste Rodrigues (irmã mais nova de Amália Rodrigues), Vitorino, Rui Veloso e Mário Laginha.

 

O público pedia para que Tim, vocalista dos Xutos & Pontapés, “saltasse”, mas o convite foi recusado, tendo em conta que está ainda a recuperar do tratamento a uma infecção ocular ocorrida em inícios de Agosto.

 

“Não posso estar aos saltos com vocês, porque o doutor não deixou”, disse, aproveitando o momento para dedicar o tema “Voar” aos médicos que o trataram.

 

 

O Auditório 1º de Maio foi marcado pelas actuações de Os Tornados, Brigada Victor Jara, Demian Cabaud com Leo Genovese, Ana Laíns e António Chaínho com Isabel de Noronha e Pedro Moutinho.

 

 

Tal como no dia anterior, sábado, pelo Palco Arraial continuaram a actuar vários grupos corais e etnográficos e ranchos folclóricos.



publicado por Expressões Lusitanas às 16:06 | link do post | comentar

Segunda-feira, 31.05.10

 

A banda de ‘metal’ portuguesa More Than a Thousand convidou Rui Veloso para partilhar o palco durante o concerto no palco Sunset do Rock in Rio. No final do actuação, a banda afirma que a parceria foi “brutal” e com “rock ‘n’ roll”.


Daniel Pinto Lopes

Enviado especial do Rock in Rio

 

Rui Veloso referiu ao Expressões Lusitanas que o convite surgiu “na brincadeira”, tendo assim a oportunidade de “dar um toque” e de viver “uma coisa diferente”.

 

“Em 30 anos de música participar num concerto de ‘metal’ é engraçado”, explica o músico.

 

O único problema para Rui Veloso é “o volume muito alto”, visto que quer “preservar os ouvidos”.

 

No futuro "pode" haver uma colaboração entre os More Than a Thousand e o ‘pai do rock português’, apesar de Rui Veloso sublinhar que “prefere” projectos que adoptem a língua portuguesa.



publicado por Expressões Lusitanas às 02:31 | link do post | comentar

Sexta-feira, 19.03.10

 

Tim convida Rui Veloso, que participa no seu novo disco "Companheiros da Aventura", para um mini-concerto acústico no auditório da RFM  na segunda-feira, 22 de Março, às 18:00, informa a emissora em comunicado.

 

Expressões Lusitanas (D.P.L.)


"Companheiros da Aventura" é o registo dos encontros casuais de Tim com alguns convidados muito especiais, que tiveram lugar na Fábrica do Braço de Prata, em Lisboa, e, posteriormente, no Museu do Oriente, também na capital.

 

Vitorino, Celeste Rodrigues, Mário Laginha e Rui Veloso foram os timoneiros que levaram estas noites a bom porto e que agora acompanham também Tim neste novo disco.

 

Com Tim cada um deles interpretou temas, como "Bola de Trapos", "Hora das Gaivotas", "Fado Celeste", a "Ilha", "Melhor Amigo" e "Voar", um dueto com Rui Veloso.

 

E é com o seu "Companheiro de Aventura" Rui Veloso que Tim se apresenta no próximo dia 22 de Março, às 18h00, no auditório da RFM para um mini-concerto em directo.



publicado por Expressões Lusitanas às 09:45 | link do post | comentar

Terça-feira, 20.10.09

                                   

 

Rui Veloso foi ontem novamente operado aos intestinos, numa cirurgia realizada ao início da manhã, no Hospital da Luz, em Lisboa, que «correu muito bem», apesar de ter demorado mais tempo do que o previsto.
 
A operação visava concluir um procedimento iniciado em Julho, quando o músico foi operado de urgência naquela unidade hospitalar.
 
Rui Veloso ainda se encontra nos Cuidados Intensivos, mas ao longo do dia deverá ser transferido para um quarto privado, tendo em vista a recuperação.
 
Durante tal processo, o músico vai contar com a companhia dos pais, propositadamente vindos do Porto.
 
Fonte: Destak


publicado por Expressões Lusitanas às 14:11 | link do post | comentar