Domingo, 18.04.10

 

Bruno Nogueira estreia-se hoje com um ‘talk show’ na RTP 1, no qual vai tentar “mostrar” o “Lado B” dos convidados em estúdio. Para o humorista, um programa em directo trata-se de um “desafio”, apesar de ter sido uma opção sua, tendo em conta que é “mais interessante” e na qual surgem “coisas mais espontâneas”, estando, contudo, consciente dos seus “riscos”. Bruno Nogueira afirma ser “complicado” descrever o seu programa, visto que a base de um ‘talk show’ é “sempre a mesma”, estando a diferença na pessoa que o apresenta. Ricardo Araújo Pereira, Manuel Pinho e os Deolinda são os convidados do primeiro programa de “Lado B”, a partir das 23:20 na RTP 1.

 

Expressões Lusitanas: O que é o “Lado B”?

Bruno Nogueira: É um projecto que já pretendia fazer há algum tempo. Trata-se de um ‘talk show’ de 50 minutos em directo e onde pretendo levar convidados. Terá uma banda residente, para além de uma banda convidada em cada programa. Basicamente é o que acontecer…

 

Expressões Lusitanas: Trata-se de um desafio para si, tendo em conta que é um programa em directo?

Bruno Nogueira: Sim, a opção do directo foi minha, porque acho que é mais interessante. Há um risco maior, mas, apesar disso, surgem coisas mais espontâneas.

 

Expressões Lusitanas: Como é que descreveria este seu “Lado B”?

Bruno Nogueira: É complicado tentar dizer coisas diferentes sobre algo que já foi feito várias vezes. Um ‘talk show’ é sempre o mesmo e a base é a mesma. A diferença reside na identidade de quem o apresenta. Portanto, para quem está habituado a ver ‘talk shows’ e já gosta do formato, o “Lado B” será isso com uma identidade muito própria.

 

Expressões Lusitanas: Qual é o significado de “Lado B”?

Bruno Nogueira: O lado B normalmente está associado à parte mais alternativa ou menos conhecida das coisas. Pretendemos mostrar o lado B dos nossos convidados e da música portuguesa, entre outros.

 

Expressões Lusitanas: Os convidados em estúdio vão ser conhecidos ou desconhecidos do grande público?

Bruno Nogueira: Depende. Se justificar levar convidados que não são conhecidos, mas igualmente interessantes, irão estar presentes. Caso contrário vão ser, acima de tudo, convidados de interesse maior para o público.

 

Expressões Lusitanas: Está ansioso ou nervoso para esta sua estreia? Qual é o seu estado de espírito?

Bruno Nogueira: Um pouco nervoso e ansioso, para que tudo funcione bem.

 

 

Notícias relacionadas.

O ‘Lado B’ de Bruno Nogueira aos domingos à noite



publicado por Expressões Lusitanas às 20:09 | link do post | comentar

Segunda-feira, 12.04.10

 

Créditos fotográficos: Expressões Lusitanas

 

Bruno Nogueira estreia-se a 18 de Abril com um ‘talk show’ semanal em directo ao domingo à noite na RTP 1. ‘Lado B’ denota a estratégia da RTP em “estender a grelha em português” nas noites de fim-de-semana.

 

Daniel Pinto Lopes

 

‘Lado B’ é um programa protagonizado por Bruno Nogueira e com estreia marcada para 18 de Abril, a partir das 23:00, durante 13 semanas.

 

Juntamente com o novo programa de Herman José aos sábados à noite, a RTP pretende “estender a grelha em português durante a noite”, justifica o director de programação da televisão pública, José Fragoso.

 

“Este programa resulta de uma vontade de interesses conjunta, em que, com esta diversidade, o objectivo é garantir serões em português aos fins-de-semana”, detalha José Fragoso.

 

Bruno Nogueira vê o formato do seu ‘talk show’ como algo “completamente inovador”, tendo em conta que, ironiza, “ninguém tentou fazer um programa com convidados e uma banda residente”.

 

O humorista refere que o ‘talk show’ é o tipo de programa de que “gosta” e com o qual se “identifica”, proporcionando-lhe “muita liberdade criativa”.

 

Os convidados presentes em ‘Lado B’ podem ser oriundos de várias áreas, desde que “sejam interessantes”, uma “premissa” que está, “à partida”, estabelecida.

 

“A ideia é fazer perguntas diferentes aos convidados, as quais não estão habituados a ouvir”, esclarece.

 

Apesar de ainda não se conhecerem os convidados confirmados para os primeiros programas, Bruno Nogueira confessa que “gostaria” de ter políticos presentes, um pouco à semelhança daquilo que aconteceu com os Gato Fedorento durante as últimas eleições legislativas e autárquicas.

 

Para além da banda residente, ‘Lado B’ vai ter ao vivo bandas convidadas, que tanto podem ser “mediáticas”, como bandas que “querem ter um certo espaço” e, neste caso, Bruno Nogueira pretende dar-lhes essa “oportunidade.

 

Quanto ao nome do programa, Bruno Nogueira descreve que o mesmo “surgiu por acaso” e “à pressa”.

 

“Para começar, o B é a primeira letra do meu nome; em segundo, pretendo dar um lado e uma visão mais alternativa; por fim, estávamos com pressa de arranjar um nome”, diz.

 

Para a condução deste programa, Bruno Nogueira baseia-se nas suas fontes de inspiração, que são os “clássicos” Conan O’Brien e David Letterman.

 

‘Lado B’ vai ser emitido em directo, facto que cria uma “tensão” e “adrenalina” e que provoca “certas situações interessantes” ou “algo desastroso”.

 

O programa tem a duração de 50 minutos e tem João Quadros e Frederico Pombares como argumentistas.



publicado por Expressões Lusitanas às 18:38 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.04.10

 

Herman José regressa à RTP com “alegria” e com um sentimento “igual” ao do “emigrante que regressa ao seu país”. “Herman 2010” é o nome do ‘talk-show’ que vai para o ar aos sábados à noite e tem estreia marcada para 17 de Abril na RTP 1.

 

Daniel Pinto Lopes

 

Uma década depois, o humorista regressa à estação pública com um ‘talk show’ aos sábados à noite, um programa que pretende ter “qualidade” e ser “bem-disposto” e “animado”, explica ao Expressões Lusitanas o director de programas da RTP, José Fragoso.

 

O responsável refere ainda que a ideia de fazer este programa existia “há muitos meses” e confirma que houve “várias propostas” feitas por Herman José.

 

O humorista afirma que agora se sente “em família” e que a sensação de regresso à RTP é de “alegria”, sentimento idêntico ao do “emigrante que regressa ao seu país”.

 

“Venho [para a RTP] com humildade e para construir um óptimo programa de televisão. Não venho para cá feito diva”, destaca Herman José ao Expressões Lusitanas.

 

O humorista diz que tem “liberdade criativa” para “retomar os caminhos do humor”, num estado de espírito de “absoluta felicidade”, algo que “não sentia há alguns anos”.

 

“Herman 2010” estreia a 17 de Abril e vai ser emitido aos sábados a partir das 23:00. O programa é gravado na semana em que vai para o ar, o que permite tratar de temas relacionados com a actualidade.

 

Ao todo vão ser 13 programas com uma duração de 50 minutos e com a presença em estúdio de 3 convidados (um deles musical) de várias áreas, desde o humor à política.

 

O elemento comum dos convidados é “serem protagonistas de algo”, a fim de criar “um bom momento de televisão”, detalha ao Expressões Lusitanas o director das Produções Fictícias, Nuno Artur Silva, produtora que assume a direcção executiva do programa.

 

O ‘talk show’ começa com um monólogo de Herman José sobre temas da actualidade nacional. Seguem-se rubricas de humor e um ‘sketch’ em vídeo, protagonizado pelo humorista que, dando vida a uma nova personagem a cada semana, contracena com alguns actores convidados.

 

Herman vai ser acompanhado em estúdio pelo maestro Pedro Duarte e por um quarteto de ‘jazz’.

 

Com “Herman 2010”, o humorista pretende ter uma “audiência agradável”, sublinhando, de forma irónica, que já granjeou “audiência máxima” ao ter Linda Reis a reencarnar a princesa Diana e com uma discussão encenada com Lili Caneças, recordando, assim, momentos do seu programa na SIC.



publicado por Expressões Lusitanas às 13:22 | link do post | comentar