Segunda-feira, 12.10.09

                                       

 

Perplexidade. É, pelo menos, esta a palavra de ordem depois de se assistir à atitude e ao comportamento demonstrados pela actriz brasileira Maitê Proença num programa de entretenimento da GNT Brasil.

 
Um vídeo que, realmente, vale por mil palavras…
 
 


publicado por Expressões Lusitanas às 12:44 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 05.09.09

                               

 

Apesar de a música “Sozinho (não estou)" fazer parte do álbum “Sou Como Sou”, lançado em Abril do ano passado, a verdade é que, neste ano, várias são as festas e rádios locais onde se ouve este tema musical com alguma frequência.
 
A sonoridade é, na sua essência, ‘kizomba’, mas com algum toque próprio de Marante, que se apresenta neste álbum a solo (apesar de não ser a primeira vez), já que o cantor é sobejamente conhecido pela sua participação nos Bandalusa.
 
Apresenta uma duração de 3 minutos e 46 segundos e, para ouvir, basta carregar no “Play”.
 
Faixas do disco “Sou Como Sou” (2008):
 
01. Eu quero dar um beijo  
02. Ela tem pinta 
03. Mulher de programa  
04. Volta ao começo 
05. Cigana de Tóia  
06. É por ela que eu bebo 
07. Chora, chora, chora  
08. Quando ficares só 
09. Esquecer esse amor  
10. Sozinho (não estou) 
11. Ficamos mais sós  
 
Cortesia: YouTube


publicado por Expressões Lusitanas às 20:19 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.08.09

                            

 

Para quem está habituado a um José Cid “na cabana junto à praia” ou até mesmo por causa de um “macaco que gosta de banana e eu gosto de ti”, o cantor, natural da Chamusca, lançou, em 1978, um álbum de rock progressivo pelas mãos da editora Orfeu Records, que esteve indecisa quanto ao seu lançamento, por este não ser um disco comercial.
 
O álbum teve pouco (ou nenhum) eco em Portugal, o que terá desmotivado José Cid na prossecução deste estilo de rock progressivo.

 

Para além de José Cid, estiveram presentes na composição deste álbum Ramón Galarza (percussão), Mike Sergeant (guitarra) e Zé Nabo (baixo e guitarra).
 
De acordo com a “Wikipedia”, o disco, “embora pouco conhecido no seu país de origem, tem sido mais aclamado no resto do mundo, chegando mesmo a ser incluído numa lista de 100 melhores álbuns de rock progressivo de todo o mundo de todos os tempos, organizada pela revista americana Billboard”.
 
Tendo em conta os comentários dos utilizadores do YouTube, este álbum, de seu nome “10.000 Anos Depois Entre Vénus e Marte”, é comparado com os ingleses Pink Floyd, devido às relativas semelhanças de registo sonoro.
 
Deste álbum fazem parte sete faixas:
 
1. O Último Dia na Terra (4:24)
2. O Caos (5:50)
3. Fuga para o Espaço (8:09)
4. Mellotron, o Planeta Fantástico (6:43)
5. 10.000 Anos Depois Entre Vénus e Marte (6:03)
6. A Partir do Zero (4:44)
7. Memos (2:22)
 
Para mais informações sobre esta faceta de José Cid e para ler uma crítica sobre este “10.000 Anos Depois Entre Vénus e Marte” clique AQUI (página em inglês).

 

 



publicado por Expressões Lusitanas às 14:22 | link do post | comentar

Domingo, 12.04.09

Cortesia: YouTube

 
Hoje, dia de Páscoa, o Expressões Lusitanas não faz uma pequena pausa sem antes sugerir uma música que ficou no ouvido na primeira vez que a escutei.
 
Chama-se “Vens ou Ficas?” e a letra, música e interpretação é do próprio João Pedro Pais, no mais recente álbum do cantor “A Palma e a Mão”.
 
Bom dia de Páscoa!
 
Pode acompanhar a música com a respectiva letra:
 
Vens ou ficas
Esta cidade é so nossa.
E a noite pede-nos um corpo
Para continuar a viver.

Se vieres, vou esperar-te á estação.
Trarás contigo a razão
Quem te ouve e quem te vê.

O encontro será apenas um momento
No interior do pensamento
Onde tudo se resolve.

Os segredos são o centro de um incêndio
Que arde com o silêncio
Como outra noite qualquer.

Se me ouves, se recusas as palavras,
Transformamo-nos em nada,
Quase deixamos de ser.

E as horas que se despedem dvagar
Que se afastam de ficar
Que se aproximam de morrer.

O que fomos passa por nós na avenida,
É um pedaço da nossa vida
Que ainda quer sobreviver.

Vens ou ficas
Eu vou estar á tua espera
Por mais que a força não queira
Seremos dois a decidir.
 
Fontes: Página oficial e Clube de Fãs de João Pedro Pais

 



publicado por Expressões Lusitanas às 10:37 | link do post | comentar

Sábado, 29.12.07

 

                     

 

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

Copyright © 2009 Daniel Lopes

 

Um "podcast" especial sobre a actuação de Mariza no programa de entretenimento da televisão norte-americana CBS - "Late Show with David Letterman".

 

Mariza cantou e encantou com a canção "Ó Gente da Minha Terra", do álbum "Concerto em Lisboa" (EMI).

 

O áudio da actuação foi retirado do sítio de partilha de videos na internet - YouTube.

 

Sítios a ter em conta:

http://www.youtube.com

http://www.mariza.com

 



publicado por Expressões Lusitanas às 18:22 | link do post | comentar